Voltando ao Passado – 39ª Parte

voltando-passado-39Chegando em Nova York, eu estava na expetativa de começar logo a trabalhar. É a primeira vez que o Júlio fica responsável de uma região. Eu tinha apenas 24 anos de idade. Mas a fé ardia dentro do meu ser.

Aquelas orações em cima do Altar, como valeram a pena. O meu ser estava cheio de vigor. Isto é, de certeza, de paz e também de decisão. Não estava mais como eu era, pacífica e esperando pelos demais.

Veja que as lutas que passamos na vida nos ensinam como descobrir a fé que temos, mas que normalmente fica adormecida e pacífica, quando não há um “empurrãozinho” dos problemas.

Agora eu estava bem diferente!

Os nossos filhos foram conosco, graças a Deus. Tivemos a oportunidade de tê-los pertinho. Tive que os matricular na escola, perto de casa.

Eu me lembro desta época muito bem. As reuniões do Júlio estavam tão diferentes, tão bacanas e tão reveladoras, que quando eu não estava na reunião, eu ficava com a minha mente pensando: “O que hoje está sendo falado?”

Sentia como que se estivesse para trás, quando não estava nas reuniões. Mas era quase impossível estar próximo dele todos os dias, pois novamente, morávamos bem distante, cerca de 45 minutos de carro para a igreja.

Lembrando que nós, que estamos no Altar, não escolhemos aonde vamos ficar. Apenas nos é dada a responsabilidade e a moradia, e dali devo arcar com as consequências.

Mas o Altar, o que mais requer de nós, é de sermos usados com toda a nossa vida. Toda a vida, são renúncias à nossa vontade, sonhos, etc.

Nesta época, em Nova York, instruía o Luis e a Vera sempre a orarem pelos documentos deles. A Verinha era quem atentava mais para as minhas palavras.

Porque eu vi a necessidade do Luis e da Vera, eu quis também colocar toda a minha força para criar uma ebi com as melhores condições para as crianças. Dali comecei, por minha própria responsabilidade, a fazer um tipo de bazar para arrecadar fundos.

Já na próxima semana conto mais.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *