Notícia

Aumento alarmante do suicídio feminino na China

Internacional |
chinawomancrying-large_trans++qVzuuqpFlyLIwiB6NTmJwfSVWeZ_vEN7c6bHu2jJnT8

De acordo com o World Bank e a World Health Organisation, 500 chinesas tiram a própria vida diariamente, totalizando mais de 182 mil mortes por ano

A China é o único país do mundo onde a taxa de suicídio feminina é superior à masculina. Segundo estimativas, entre 25 a 40% mais mulheres tiram a própria vida do que homens neste país. Em sete anos, 1,2 milhões de chinesas cometeram suicídio.
Nas zonas rurais deste país, o total de suicídios femininos é quatro a cinco vezes superior às zonas urbanas. Durante muito tempo, a vida para estas mulheres nas zonas rurais era muito difícil, pois eram casadas cedo, era-lhes negado o acesso à educação e eram isoladas. Ainda hoje, muitas são tratadas como cidadãs de segunda classe pela própria família, vivendo submetidas aos pais, irmãos e maridos e sofrendo com problemas de saúde mental.

Mãe mata-se a si e aos 4 filhos
No mês passado, na província de Gansu, Yang Gailan, de 28 anos, matou os seus quatro filhos, três raparigas e um rapaz, todos com menos de sete anos, envenenando-os com produtos agrícolas químicos e atacando-os com um machado. Tendo depois envenenado-se a si própria.
O marido de Yang, que trabalhava na cidade, suicidou-se uma semana depois.

Não matarás”
Um dos dez mandamento dados por Deus é “Não matarás”, ou seja, não devemos pôr fim a nenhuma vida, seja a dos outros ou a nossa. Deus é o Autor da vida e só Ele tem a autoridade para decidir quando uma vida deve terminar. Devemos, então, ser gratos pela vida que Deus nos dá e aproveitar cada segundo com o objetivo de viver para a Sua glória.

“Não temas, porque Eu sou contigo; não te assombres, porque Eu sou o teu Deus; Eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a Minha destra fiel”

Isaías 41.10

Fé que salva
O batismo nas águas é um momento muito importante na vida espiritual de qualquer cristão, pois representa o sepultamento dos erros cometidos e da antiga vida. Em Hong Kong, 76 pessoas resolveram assumir a sua fé através do batismo.
“O batismo é o sepultamento da velha criatura, o único caminho para a Salvação eterna da alma. Que Deus venha a dar forças a todos para que vençam a carne e todos os maus hábitos”, referiu o pastor Álvaro Lima, responsável pela evangelização na Ásia, o qual realizou o batismo nas águas e falou aos presentes sobre um novo começo de vida.

Fonte: universal.org e telegraph.co.uk

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *