“A traição estava a destruir o nosso casamento”

CasosReais_Marco_Marinela2O ato de traição num casamento é um dos principais motivos para a separação, pois perde-se um dos elos mais fortes de um relacionamento, a confiança.

Para superar, é preciso lutar por uma transformação.

Marco e Marinela viviam uma vida separada dentro de um casamento onde nenhum investia para enfrentar os vários problemas existentes.

Nenhum dos dois se sentia bem consigo mesmo, sendo pessoas inseguras e com vários complexos de inferioridade, o que os levou a refugiarem-se individualmente nas saídas à noite e em vários vícios.

“Eu sofria com vários complexos de inferioridade, usava drogas, álcool, tabaco, e a traição estava a destruir o nosso casamento, pois ambos tínhamos traído um ao outro”, conta Marinela.

Para além das traições, existia a grande frustração de não poderem ter um filho, pois Marinela tinha um quisto de oito centímetros no ovário esquerdo, que a impedia de engravidar.

O limiar da dor

“Eu não tinha forças para vencer as lutas do dia a dia, e com esses problemas, procurava preencher o vazio com as amizades, colocando de parte o meu casamento, chegando ao ponto de pensar em suicídio”, diz Marco.

Perante estes problemas, o casal decidiu procurar ajuda no Centro de Ajuda, e foi ali que encontraram a oportunidade de lutar pela sua vida, ter forças para tal e vencer juntos os seus problemas.

“Depois de começarmos a participar, ficamos livres dos vícios, decidimos sacrificar pelo nosso sonho e hoje temos um casamento feliz, a saúde foi restaurada e o que era motivo de frustração, hoje é motivo de alegria. Temos uma filha de dois anos e somos realizados em todas as áreas da nossa vida”, afirma o casal.

Marco e Marinela Vilela, CdA de Olhão (Av. Conserveira Sul, nº 12 F)