Encontrei na Fé

Para Carla o sofrimento começou cedo e parecia que não iria mais ter fim.

Problemas espirituais, tais como nervosismo, dores de cabeça constantes, insónia, visão de vultos, audição de vozes e depressão, assolavam a sua vida.

“Sofria muito devido aos problemas espirituais. Ouvia barulhos, vozes a chamarem pelo meu nome, sentia-me perseguida e ouvia passos como se alguém estivesse atrás de mim.

Não tinha paz! E isso acontecia desde pequena”, recorda. Foi assim que Carla se tornou numa adolescente triste, desmotivada e sem forças para sair do inferno em que a sua vida se transformou.

E para ela só havia uma explicação para tanta dor: inveja. “Sentia um vazio imenso, nada me preenchia e não havia nada que me fizesse estar bem. Era muito triste, chorava e nunca estava bem. Aparentemente, não tinha motivos para estar
triste, mas, para mim, a minha vida não tinha sentido! Estava completamente desmotivada.

Não tinha alegria de viver! Sofria ainda de insónias e dores de cabeça constantes, sofrimento que durou até aos 30 anos”, explica. E, continuando o relato da história da sua vida, afirma: “era muito negativa e achava que não tinha valor. Na escola, não conseguia tirar boas notas nos testes. Era muito invejada, praguejada e nada dava certo!

Mesmo na vida sentimental era sempre enganada; no trabalho, de dois em dois anos, estava a mudar de emprego, de empresa e saí com uma depressão. Cheguei ao caos total de ficar numa cama doente, pois, não tinha forças para viver!”.

O SACRIFÍCIO PELO SONHO

Foi nesta condição de total desespero que Carla entrou no Centro de Ajuda Espiritual. “Cheguei à Igreja, na altura da Fogueira Santa de Israel, e resolvi participar. Deus operou o milagre em mim, pois, tornei-me numa nova criatura, com forças para viver. Eu que era uma pessoa cheia de medos, mudei completamente!

Fiquei livre dos problemas espirituais e deixei de ouvir vozes e barulhos; a insónia e as dores de cabeça constantes desapareceram. A instabilidade na vida financeira desapareceu também e, hoje, tenho trabalho certo, sou autónoma. Sinto-me livre, em paz, realizada e positiva”, relata.

E Carla continuou a perseverar e a buscar em Deus o seu maior sonho. “Sempre participo em todas as Fogueiras Santas, de livre vontade, porque sou uma pessoa revoltada e para mim tem que ser sempre mais!

E, nesta última, sacrifiquei o meu tudo e o que eu quero estou a ter, ou seja, a ser realizada em todas as áreas da minha vida, principalmente, na sentimental. Era a última coisa que me faltava realizar, o meu maior sonho! De todos os problemas que me levaram à Igreja, este era o maior.

Já em casa dos meus pais era uma vida infeliz a nível familiar, não havia aquele amor, paz e entendimento e isso passou a existir na minha vida. Mas agora há uma diferença, porque Deus colocou no meu caminho a pessoa dos meus sonhos e estou muito feliz!

Já tenho o amor da minha vida! Vale a pena a pessoa fazer um sacrifício na Fogueira Santa de Israel, porque Deus responde! Ele quer 100% de nós e Ele responde 100%!”.

CARLA ABRANTES – ÁGUEDA