Guida Santos

“Cheguei ao Centro de Ajuda (CdA) com a minha vida totalmente destruída em todas as áreas.guida

Sofria com uma depressão profunda e tinha síndrome de pânico. Não podia estar perto de pessoas e não conseguia fazer as coisas normais do dia a dia.
Só queria estar fechada no quarto sem ver ninguém. Tinha uma criança pequena, de sete anos, e não tinha os cuidados necessários com ela. O meu pai e a minha irmã suicidaram-se, a minha mãe também se tentou matar
e eu própria tentei o suicídio.

Tudo isto aconteceu num espaço de seis meses. Tudo isto arrastou-me para o fundo do poço.
Quando cheguei ao CdA, comecei a perceber que os meus problemas eram espirituais.
Quando chegou a primeira Fogueira Santa fiz o meu maior Sacrifício e entreguei- me de corpo, alma e espírito.

Fui liberta e hoje estou bem, não tenho mais pensamentos suicidas. Tenho trabalho, consigo dar tudo ao meu filho e na minha vida sentimental também tudo está melhor, inclusivamente casei!

A minha vida mudou completamente!”

Guida Santos, Cenáculo do Funchal