“O meu irmão pegou numa faca para matar o meu pai”

“Cresci numa família com muitos problemas, onde havia muita miséria, chegando inclusive os meus irmãos a irem apanhar os restos da feira para comermos em casa.

Para além disso, o meu pai sofria com um espírito de loucura, tendo chegado até a ser internado.

Existiam muitas brigas na nossa casa, tendo o meu irmão chegado a pegar numa faca para matar o meu pai. Inclusive, a polícia chegou a ir à nossa casa por causa disso.

Eu era uma criança muito medrosa, rebelde e revoltada, por ter de viver naquela situação!

O Encontro. “Entretanto, uma amiga da minha irmã levou-nos ao Centro de Ajuda da Igreja Universal e, a partir daí, a nossa família foi mudando. Eu tive um encontro com Deus, tal como as minhas irmãs e a minha mãe. O meu irmão, que estava nas drogas, converteu-se a Jesus e hoje é um homem de Deus, com uma família linda!

Eu casei com um homem de Deus, que me ama e me faz feliz. Tive problemas para conseguir engravidar, mas Deus realizou o meu sonho de ser mãe e hoje tenho uma filha. Deus tem-nos feito prosperar a cada dia! Quando cheguei à Igreja tinha um sopro no coração e fui curada, graças à minha fé.”

Graziela Loureiro CdA Estadual Império

Fonte: Folha de Portugal