“Procurei comida no caixote do lixo”

ireneNão existe nada pior para uma mãe do que ver os seus filhos sofrer.

Para Irene, uma mulher com dois filhos, o sofrimento por que estava a passar ganhava uma dimensão ainda mais aterradora, já que sabia que os seus filhos sofriam os efeitos diretos do seu calvário.

“A minha vida era um tremendo fracasso. Estava constantemente doente, com problemas desde fibromiomas, quistos nos ovários, sopro cardíaco, miomas, dores reumáticas, febre reumática e um rim completamente destruído, em suma, era uma vida de miséria”, começa por contar tudo aquilo por que passou.

Mas, o pior estava ainda para vir… “cheguei ao ponto de ir ao caixote do lixo buscar comida para os meus filhos… e de tanta frustração, tentei, inclusivamente, matar os meus filhos”, revela Irene o seu fundo de poço, uma vez que se encontrava num  casamento que estava praticamente à beira da destruição.

De uma mulher que se auto-descrevia como completamente destruída, Irene sofreu uma completa transformação de vida.

“Chegando ao Centro de Ajuda, aprendi a usar a Fé nas correntes que são realizadas diariamente e foi então que alcancei a minha libertação e cura!

Hoje, estou completamente transformada, curada de todos os problemas de saúde dos quais padecia.
Atualmente, trabalho por conta própria, tenho duas casas e amo a minha família e os meus filhos.
A minha vida hoje é a prova real da existência de Deus”, garante Irene.

Maria Irene Leitão, CdA São Carlos