Prosperidade

De acordo com o Instituto Nacional de Informações Estatísticas, entre março e abril de 2011, a taxa de desemprego na região metropolitana de Lima, Peru, foi de 7,4% da população economicamente ativa. Já no mesmo período de 2010, foi de 7,7%. Sendo a taxa de desemprego um dos principais fatores que impede o desenvolvimento do país. Outro fator que também preocupa os peruanos é a saúde. Tuberculose, cancro de mama, uterino e de estômago e problemas respiratórios são algumas das enfermidades que mais os matam.

Glória Cervantes, professora primária, casada e mãe de três filhos, sofreu muito com dores nos ovários. “Tinha sangramentos contínuos e as dores eram muito fortes nos dois ovários. Fiquei deprimida! Às vezes, não dormia de tanta preocupação”, disse. E, com o problema de saúde e um salário muito pequeno, surgiram as dívidas. “Esta doença fez-me gastar muito com medicamentos. Já estava com muitas dificuldades económicas e, com a doença nos ovários, os obstáculos aumentaram. Vivi assim por mais de 25 anos”, contou a mesma. Com o salário de professora, os gastos com os remédios e os custos de escola dos filhos, estava sempre endividada. “Fui obrigada a procurar dois ou três empregos e ainda não tinha dinheiro suficiente. Continuava sem poder atender a todas as necessidades dos meus filhos e sentia-me muito triste e impotente”, relembrou Glória.

A chave para o sucesso
Então, uma amiga fez-lhe um convite para participar nas reuniões no Centro de Ajuda. E foi aí que percebeu que poderia ter a sua vida transformada! “Comecei a lutar pela minha saúde e a resposta de Deus foi muito rápida. Ele curou-me! Então, resolvi participar, todas as segundas-feiras, na ‘Conferência Empresarial’. Fiz a minha corrente de oração e tudo o que o pastor me ensinava colocava em prática. Aprendi a colocar a minha fé em ação e foi assim que a minha situação económica mudou gradativamente”, disse. Glória aprendeu a usar a sua fé e reconheceu que a constância é a chave para o sucesso, podendo, hoje, mostrar-nos o que Deus tem feito na sua vida. “Morava em San Juan de Lurigancho, distrito de Lima, numa zona que não era segura para nós, pois, havia muitos bandidos. Neste local não existia muita segurança! Foi, então, que comecei a saldar as minhas dívidas e a conseguir pagar a faculdade para os meus filhos.

Agora, tenho três lojas, duas no centro de Lima e uma em Miraflores, local onde há muitos turistas. Deus deu-me também um apartamento moderno em Miraflores, localizado perto da praia. E na minha casa não falta nada! Conhecer a Deus mudou a minha vida e na ‘Conferência Empresarial’ aprendi a prosperar. Sei que Deus quer fazer coisas grandes na nossa vida, mas temos que Lhe obedecer e assim Ele responde-nos”, concluiu.

GLÓRIA CERVANTES – Lima, Peru