Sem objetivos

Conceição passou dez anos com dores de cabeça e depressões constantes. Os problemas afetaram de tal forma a sua vida pessoal que foi obrigada a abandonar a profissão de quase 20 anos

“Vivia numa tristeza profunda, muito desanimada e sem objetivos na vida. Era muito nervosa, estava sempre com depressões e a minha vida estava mesmo num caos. Também a nível familiar estava com uma relação muito má com o meu marido e os meus filhos. Era cabeleireira de profissão, mas tive que deixar de trabalhar por estar sempre muito doente, pois, andava constantemente com dores de cabeça. Quase todos os fins de semana tinha que ir para o hospital levar soro e oxigénio, isto durante quase dez anos. Sofri muito e, depois de quase 20 anos a trabalhar, fechei o cabeleireiro.

Para além disso, ainda tive um problema muito grande na minha vida, pois, perdi a minha casa nos Açores, por causa de uma pessoa que nos estragou a vida.Tive que acabar por vender,senão ficava sem nada. Nessa altura, fui a um espiritista bastante conhecido em Lisboa, mas fiquei pior ainda. Parecia que estava louca,andava na rua e começava a correr, porque via coisas e andava desorientada.

Essa pessoa levou-me imenso dinheiro, que eu não tinha”.

A entrada da Igreja na vida de Conceição
“Tomei conhecimento da IURD através da TV Record. Na altura, não dormia, passava as noites em claro,levantava-me e ficava a ver televisão. Então,deparei-me com a TV Record e comecei a ligar para lá, a pedir orações para mim e para os meus filhos. Mas ainda levei muito tempo até me decidir, pois era católica e tinha muitas dúvidas.
Comecei a ver os testemunhos daquelas pessoas todas e pensei que se Deus mudou a vida delas também ia mudar a minha. E foi assim que decidi tentar.No dia em que cheguei ao Centro de Ajuda estava o pastor na porta, que me recebeu muito bem. Assim que entrei, senti-me bem e parecia que estava no céu. A primeira vez foi em 2007. Agora, quase todos os dias vou à Igreja, participo nas reuniões, vou às ‘Conquistas Financeiras’, tenho feito as correntes, os meus propósitos e as minhas Fogueiras Santas. A minha vida está totalmente transformada!”.

A presença de Deus

“As mudanças não ocorreram de um dia para o outro, foi e tem sido com muitas lutas. Não foi fácil, mas valeu a pena! Hoje sinto-me realizada, feliz e independente. Tenho Deus na minha vida, tenho a Sua força e as palavras que oiço levam-me a acreditar que tudo vai dar certo.

Quando deixei o cabeleireiro, senti que precisava de alguma coisa para me ajudar a passar o tempo. Sempre gostei muito de tudo o que é arte e foi aí que comecei a pintar para mim,como hobby. Depois para oferecer à família e aos amigos. Mas com a aprendizagem nas ‘Conquistas Financeiras’ disse para mim mesma: ‘vou pintar e fazer exposições. Vou pôr isto a render dinheiro’. E tem sido uma maravilha, porque as pessoas têm adorado! Já é a quinta exposição que faço! E o que era uma brincadeira passou a ser uma coisa séria.

Valeu a pena ir à Igreja e digo às pessoas que, se querem realmente transformar a sua vida e sair do sofrimento, essa é a solução. Podemos lutar muito, mas sem a presença de Deus nas nossas vidas não conseguimos nada”.

CONCEIÇÃO – QUINTA DO CONDE