“Sinto alegria em contar tudo aquilo por que passei…”

CasosReais-PatriciaMiranda

Hoje em dia sou uma Patrícia transformada, alegre e cheia de vida… porém, antes das participações nos Jejuns de Daniel e de ter o Batismo com o Espírito de Deus, era uma pessoa totalmente oposta, com muitos traumas causados por um historial familiar muito difícil.

O meu pai era uma pessoa que agredia a minha família e perseguia-nos, passámos por muitas necessidades, chegando a viver sem luz durante muito tempo e havendo até ocasiões em que nem sequer existia o que comer.

Para além disso, também sentia muita mágoa da minha irmã, pois ela batia-me constantemente… e todos esses traumas me acompanhavam”, revela Patrícia, ressaltando o papel que o Jejum de Daniel veio a ter na sua vida.

“A primeira vez que participei no Jejum de Daniel foi muito difícil, mas, mesmo não cumprindo na totalidade, sentia-me mais leve e que a minha comunhão com Deus era mais intensa, especialmente nos meus momentos de fraqueza… todavia, com a minha participação gradual nos diferentes Jejuns, fui-me tornando mais forte, até que alcancei o meu objetivo.

Sacrifiquei-me a 100 por cento e prescindi de tudo o que era distração para o meu espírito, até que fui batizada com o Espírito de Deus e sei que, para isso, cada um dos Jejuns de Daniel foram fundamentais!”

Patrícia Monteiro