“Tentei o suicídio”

guidasantos

Quando o mundo à nossa volta parece estar a desmoronar-se e o nosso interior já está destruído, a morte pode parecer a única solução possível

“Cheguei ao Centro de Ajuda com a minha vida totalmente destruída em todas as áreas! Sofria com uma depressão profunda e com síndrome de pânico. Não conseguia estar perto das outras pessoas, nem fazer as coisas normais do dia a dia. Só queria estar fechada no meu quarto sem ver ninguém!
Tinha um filho pequeno, com apenas sete anos, e não conseguia ter os cuidados necessários com ele.”

Para agravar ainda mais o seu já debilitado estado, Guida teve lidar com a ameaça de morte que pairava sobre toda a sua família. “O meu pai e a minha irmã suicidaram-se, a minha mãe também se tentou matar e eu própria tentei o suicídio. Tudo isto aconteceu num espaço de seis meses e arrastou-me para o fundo do poço!

Libertação

“Quando cheguei ao CdA, comecei a perceber que todos os meus problemas eram de origem espiritual. Fui aprendendo com os ensinamentos que aí me eram transmitidos, colocando a minha fé em prática e, quando chegou a altura da Fogueira Santa, fiz o meu maior sacrifício. Entreguei- me de corpo, alma e espírito!
Posso dizer que fui liberta da depressão e da síndrome de pânico, não tenho mais pensamentos suicidas e hoje estou bem. Todas as áreas da minha vida foram transformadas e posso afirmar com toda a certeza que a minha vida mudou completamente!”

Guida Santos, CdA Funchal