“Tomava 30 comprimidos por dia e não vencia a depressão!”

CasosReais_TeresaCostaO combate às doenças nunca é fácil e muitas pessoas não veem resultados mesmo quando recorrem à medicina. Mas há uma forma de restaurar a sua saúde, quer saber qual?

Teresa era uma pessoa muito depressiva, padecia de várias doenças e já não acreditava que a sua saúde pudesse ser restaurada e voltasse a ter uma vida normal e feliz. Quando se apercebeu, estava com uma depressão crónica e tinha chegado ao fundo do poço.

“Tinha muitas doenças, era depressiva e não acreditava em nada. Recorri a vários médicos e o diagnóstico era sempre o mesmo: depressão crónica. Acabava sempre por ir para a ala de psiquiatria do hospital.

Tenho duas filhas e nessa altura quem cuidava delas era a minha mãe porque eu não tinha condições para o fazer.

Tomava 30 comprimidos por dia, todos para controlar o sistema nervoso mas nada resultava.

Numa determinada altura, surgiu uma doença cardíaca e foi-me diagnosticado um aperto mitral, que fazia com que o meu coração trabalhasse ou a mais, ou a menos, o que me debilitava completamente”, conta Teresa.

A solução

“Como não conseguia encontrar uma solução para a minha vida, a certa altura desisti e tentei o suicídio com uma dosagem muito grande de medicamentos.

Nessa altura, um vizinho meu teve conhecimento da situação em que me encontrava e falou-me sobre um programa de televisão no qual referiam o Centro de Ajuda (CdA).

Como já tinha recorrido a tantos sítios e a vários médicos, sempre sem encontrar nenhuma solução, ainda pensei que no CdA me iria acontecer o mesmo. Contudo, resolvi procurar e encontrei o tal programa de televisão.

Tudo o que o pastor dizia era como se fosse direcionado para mim, como se fosse uma resposta às minhas necessidades e aos meus problemas.
A partir desse dia comecei a participar nas reuniões do CdA, e os resultados foram-se somando a cada dia em minha vida.

Combati a doença, venci a depressão e hoje sou uma mulher totalmente feliz e realizada! Os 30 medicamentos que tomava por dia ficaram para trás, não preciso de fazer nenhum tipo de tratamento e o meu coração é saudável de novo! Deus restaurou totalmente a minha saúde e a minha vida e hoje sou uma mulher feliz!”

Teresa Costa, CdA de Portalegre, (Av. das Descobertas, nº 23, cave)