Um sonho

“Estamos casados há doze anos e, quando chegámos à Igreja, o nosso casamento estava totalmente destruído.

Vivíamos há dois anos na mesma casa, só com discussões, sem qualquer tipo de contato e a nossa filha era uma criança muito rebelde.

Antes de irmos viver na mesma casa já estávamos juntos há cerca de cinco anos e foi aí, depois desses anos, que as coisas pioraram muito, ao ponto de nos separarmos e cada um voltar para casa dos pais, durante duas semanas.

Entrei primeiro na Igreja e depois ele, fomos sendo aconselhados, até que fizemos o propósito da Fogueira Santa, sacrificámos e chegámos a vender algumas coisas pessoais.

Esse primeiro sacrifício foi pelo nosso casamento, pois, queria o meu marido de volta, o meu casamento abençoado e ser feliz.

A partir desse dia, fomos conversando e foi tudo sendo reconstruído. Hoje, estamos juntos e muito felizes!”.

SANDRA

“Trabalho na construção civil há 15 anos e durante 14 trabalhei no pó, na chuva e na lama. No ano passado, estive cinco meses e meio em casa à espera de colocação.

Apareciam ofertas, mas eram para longe e nunca aceitava, porque não queria deixar a minha mulher e a minha filha.

Quando chegou a Fogueira Santa, sacrificámos o sonho de ir a Israel para realizar outro sonho, a nível profissional. Fiz o propósito em junho e em agosto fui chamado para uma entrevista na própria empresa.

Em setembro, deixei o pó, o frio, a lama e o calor, para estar, hoje, numa secretária, a fazer trabalho de secretariado, de logística e de relações públicas. O salário também aumentou, mas não queremos ficar por aqui”.

NUNO