Violada e agredida brutalmente, perdeu a vontade de viver

CasosReais-ElenyRizzonEleny foi vítima de uma violação, da qual resultou uma gravidez. Perante esta situação, sem forças, nem vontade de viver, encontrou a solução no Centro de Ajuda.

No meio de um lar destruído, no qual as discussões, a violência e a miséria sempre estiveram presentes, Eleny tornou-se uma pessoa complexada, traumatizada e com um vazio enorme no seu interior.

“Dentro de mim havia um imenso vazio, uma tristeza profunda que, por mais que tentasse preencher, não conseguia. Cheguei a envolver-me com a prostituição, onde descobri o fundo do poço”, conta Eleny.

A vontade de superar os seus traumas e vencer as dificuldades que enfrentava, diariamente, fez com que tomasse atitudes que a prejudicaram, ao longo da vida.

“O meu fundo do poço chegou quando ao apanhar boleia de uma pessoa, fui violada e agredida brutalmente. Uma agressão não só física, mas, sobretudo, moral pois deixou-me marcas psicológicas que na altura pensava serem irreversíveis.

Desta violação, resultou uma gravidez. O meu sofrimento passou a ser maior, não conseguia dizer a ninguém quem era o pai, por medo, por vergonha, e sabia que ao falar colocaria a minha vida em risco. No meio de tanto sofrimento, decidi lutar pela vida daquela criança inocente”, destaca Eleny.

Uma oportunidade

Depois de uma vida de sofrimento, Eleny viu na filha e num novo relacionamento, a oportunidade de recomeçar.

Desta relação, teve mais uma filha, e quando pensou que o seu sofrimento tinha acabado, viu a sua família destruída, devido a discussões e miséria.

Decidiu separar-se e criar as suas duas filhas sozinha, mas a situação não foi a mais fácil e teve de se mudar para outro país, deixando as suas filhas sozinhas, para encontrar melhores condições de vida.

“Nesse país, carregada de traumas, complexos, medos e com o coração magoado, fui convidada a conhecer o Centro de Ajuda. Recebi uma orientação prática, baseada numa Fé-Inteligente, e ali venci os meus traumas e complexos, que deram lugar à alegria e convicção de que tudo iria mudar na minha vida.

Assim aconteceu, hoje sou feliz, as minhas filhas são realizadas e posso dizer que superei todo o sofrimento”, conclui.

Eleny Rizzon, CdA Albufeira (Av. Descobrimentos, C. Comercial Bela Vista, Lj. 42 B)