“Vivia com síndrome do pânico”

CasosReais_Manuela-Varela

O medo é algo natural, mas a situação agrava-se quando este se apodera da sua vida e não encontra a solução.

Manuela era uma pessoa nervosa, vivia em constante desespero porque os seus pensamentos eram bombardeados com ideias negativas, ao ponto de ouvir vozes que afirmavam que iria morrer. Vivia preocupada com tudo, e a situação estava cada vez pior.
“Para piorar a situação, eu vivia com síndrome do pânico, que fazia com que transpirasse muito e me sentisse mal constantemente.
Até que um dia, encontrei um trabalho de bruxaria perto do meu local de trabalho, a partir dali tudo se agravou”, explica Manuela.

À procura da solução

Desesperada, e sem saber como vencer os seus problemas, decidiu tentar encontrar respostas nos bruxos, mas contrariamente, ao que pensou, a situação ficou ainda pior.

“Todos os dias estava nas urgências do Hospital, com sintomas horríveis, e para agravar a situação, os médicos não conseguiam detetar nada. Entrei em depressão, e passado um tempo foi-me detetado um cancro no útero”, conta Manuela.

Perante esta situação, sem mais nenhuma saída, decidiu procurar auxílio no Centro de Ajuda (CdA).

“Ao chegar ao CdA, fui atendida, orientada e apoiada de acordo com os meus problemas. Passei a fazer as correntes pela cura e em dois meses fui completamente curada. Reconheci o poder do Deus Vivo na minha vida, e os médicos ficaram sem explicação para o que aconteceu”, sublinha Manuela.

Manuela Varela, CdA de Faro (Largo de São Sebastião, nº10)