O Mês do Florescimento

CFMuitas pessoas estão a viver uma vida profissional seca, sem vida, como se de um galho seco se tratasse.

Estas pessoas têm o nome de profissionais, mas não têm trabalho ou têm trabalho, mas não têm salário ou são empresários, mas estão a viver pior do que se fossem apenas empregados.

São pessoas que nutrem dentro de si o desejo de que a sua vida profissional e financeira floresça. Mas o que é que têm feito para que isso aconteça?

Florescer significa: desabrochar; brotar; crescer; prosperar; brilhar; distinguir-se.

“NO DIA SEGUINTE, MOISÉS ENTROU NA TENDA DO TESTEMUNHO, E EIS QUE O BORDÃO DE ARÃO, PELA CASA DE LEVI, BROTARA, E, TENDO INCHADO OS GOMOS, PRODUZIRA FLORES, E DAVA AMÊNDOAS.”

Nm 17.8

Para que uma planta possa dar flor e, posteriormente, fruto, esta precisa de ter as condições propícias ao seu desenvolvimento, ou seja, um terreno fértil, água e sol.

O mesmo sucede com a sua vida profissional e financeira, pois terá que juntar ao seu esforço, dedicação e perseverança (terreno fértil) a sua Fé (água) e o seu sacrifício diário (sol). Conjugando todos estes elementos, a sua vida financeira Florescerá, tal como a Vara de Arão Floresceu!

Se quer que a sua vida profissional, empresarial e universitária Floresça, ganhe vida e estabilidade, cresça e produza, venha na próxima segunda-feira participar nas Conquistas Financeiras.

Em junho, a sua Vara vai Florescer! E você terá Autoridade para vencer o endividamento, o desemprego, a falta de clientes, a miséria… e terá Poder para Prosperar.

Centro de Ajuda – Império
(Em frente à estação de metro da Alameda)

Templo Maior
Rua Dr. José Espírito Santo 36
Marvila, Lisboa

E em todos os Centros de Ajuda do país

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Dulce Neto Responder 3 Abril, 2017 às 23:37

Exmos Senhores,

sofro dos problemas aqui apresentados, desde 2009, tenho tentado muitas coisas e nada resulta, parece que há uma força exterior que impede que minha vida e da minha família melhore, mas não compreendo como seja possível resolve-los assim tão simplesmente indo a esses encontros.
A minha fé está muito abalada, estou muito revoltada, porque todas as portas que tento se fecham e não tenho alternativas.
Ando a pesquisar se é possível fazer algo que não tenha feito até aqui, em termos de “espiritualidade”, porque começo a acreditar que algo de errado se passa na minha vida e que não sei a razão, mas deve ser uma coisa que me ultrapassa. Eu nunca pensei em tais coisas, mas quando olho para 8 anos de tanto sofrimento, e de não conseguir sair deste sufoco, penso que tenho de fazer alguma coisa nova para mim.
Se me poderem esclarecer alguma coisa sobre estes assuntos eu agradeço.

Dulce Neto