Mensagem

36º Dia da Quarentena do Jejum de Jesus

Bem-vindo à Casa do Sacrifíciotemplo36

O Templo de Salomão foi erguido para registrar o Nome do Altíssimo e, consequentemente, irradiar a Sua Presença. Por isso, para os judeus, tinha um significado profundo: representava, além da Presença, a Proteção do Senhor Deus ao Seu povo.

Porém, para o Próprio Deus, aquele Templo era muito mais que uma casa de oração, era o único Lugar onde o Seu povo poderia oferecer seus sacrifícios. Por essa razão era chamado também de Casa de Sacrifício. 2 Crônicas 7.12

Este era o motivo por que ali era Local exclusivo para sacerdotes.

Os sacerdotes eram pessoas santas, separadas para o serviço sagrado, por isso o Deus Eterno só aceitava sacrifícios oferecidos por meio deles. A santidade dos sacerdotes era tamanha que estava representada até mesmo em suas vestes. Por serem brancas, tipificavam Pureza e Santidade. Além disso, seus pés descalços simbolizavam Respeito e Temor.

Seguindo este modelo bíblico, o Templo recém-construído não pode ser considerado como igreja ou catedral, como eram as sinagogas judaicas. Como Lugar Santíssimo de Sacrifício, de Oração e Adoração, todos os seus visitantes devem estar vestidos de Temor, Reverência e Respeito.

Assim como os sacerdotes do passado, todos nós devemos estar imbuídos nesse mesmo espírito de Temor, Reverência e Respeito.

O Templo de Salomão é a Casa do Sacrifício, mas cada um de nós somos o Seu templo vivo que continuamente oferece sacrifícios a Ele. Sacrifícios santos e agradáveis, em todos os aspectos, principalmente, na maneira de se comportar diante da Sua Presença.

Por isso, quaisquer que sejam as vestes e o comportamento no Templo devem estar ajustados ao comportamento sacerdotal da época do Senhor Jesus. Isso significa que roupas indecorosas, indiscretas ou sensuais serão, no mínimo, um insulto ao Senhor do Templo.

Já o efeito dos pés descalços dos sacerdotes também servia para manter o ambiente sagrado em silêncio. Um mínimo de ruído no Santuário impedia que se ouvisse a Voz de Deus. Da mesma forma hoje. Quem quiser ouvir a Voz de Deus, deverá ficar em silêncio, para que Ele possa falar. Treze vezes o Senhor Jesus advertiu: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça…

Deus nos deu o Templo de Salomão para que os que ali entrarem tenham o privilégio de ter experiências pessoais com o Deus Altíssimo.

Portanto, seus visitantes têm de estar conscientes de que ali não será lugar de turismo, passeio ou coisa semelhante. Ao contrário!

No interior do Santuário não serão permitidos câmera fotográfica, telefone celular, gravador, tablete, computador ou qualquer outro objeto que possa interromper a atenção dos fiéis. Por isso, todos, sem exceção, passarão por revista rigorosa com detectores de metais.

Ninguém, absolutamente ninguém, poderá entrar no Santuário do Templo com tais objetos.

Conto com a compreensão de todos.

Deus os abençoe abundantemente.

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *