Mensagem

37º Dia da Quarentena do Jejum de Jesus

Sentar e calcular

A Palavra de Deus é Espírito e Vida. Porém, a letra, isolada, mata. Um versículo fora do contexto pode fazer você errar a ponto de tomar o caminho oposto ao que deveria e colocar em risco até sua própria salvação. Por isso, é importante entender o que a Palavra de Deus diz e – principalmente – buscar o Espírito de Deus, para que a Palavra seja viva.37dia

Por exemplo, quando o Senhor Jesus diz Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar Lucas 14.28-30, muitos entendem que Ele está ensinando a pessoa a olhar a situação e calcular, humanamente, se pode ou não terminar aquilo que está querendo começar. E ainda usam isso para criticar o sacrifício e a visão da fé. Mas, se lermos todo o trecho, colocando esses versículos dentro do contexto, uma nova e extraordinária realidade se abre para aqueles que querem segui-Lo.

Grandes multidões O acompanhavam, e Ele, voltando-se, lhes disse: Se alguém vem a Mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser Meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após Mim não pode ser Meu discípulo. Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar. (…) Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo. Lucas 14.25-30;33

O Senhor Jesus estava fazendo uma comparação, para mostrar as condições de segui-Lo. A torre é a vida de quem quer ser Seu discípulo. Antes de começar a construção de qualquer coisa que você queira com Deus, é necessário “sentar e calcular”, isto é, renunciar a tudo quanto tem. Sacrificar. Esse é o planejamento. Essa é a preparação. Isso é inteligência.

Se você quer construir sua vida com Deus, primeiro se assenta para verificar se já renunciou a tudo quanto tem, inclusive sua vida e sua tendência a depender dos outros e dos recursos deste mundo. Caso contrário, não vai conseguir concluir, não vai conseguir desenvolver sua vida e manter sua salvação até o fim. No Reino de Deus, o sacrifício é o meio para concluir aquilo que se pretende construir.

Graças a Deus, o bispo Macedo não interpretava errado esse versículo. Se ele fosse sentar e calcular da forma como o mundo entende, o Templo jamais teria saído do papel. A construção começou humanamente sem recursos para a conclusão, e fomos suprindo com o passar do tempo. Mas desde o início havia os meios para concluir – por causa da renúncia de tudo. A obra foi fundamentada no sacrifício, cresceu no sacrifício e foi concluída com o sacrifício.

Não se preocupe com suas condições humanas. Não pense que você não vai ser ninguém por não ter estudo, por não ter diplomas, por não ter dinheiro, por sua idade, pela cor de sua pele, por sua capacidade física. No Reino de Deus, a condição é o sacrifício. Depois que você planejou, isto é, depois que você sacrificou, então, toma atitude em cima do que você crê. O Senhor Jesus não poderia ter deixado isso mais claro.

O evangelho das portas largas leva direto ao inferno. O Caminho que nos foi proposto seguir é estreito, de sacrifício após sacrifício. É um caminho de textos duros, inteiros, que nem sempre agradam nossa alma, mas trazem vida ao nosso espírito. Jesus não disse: “todo aquele que dentre vós não renuncia a algumas coisas que tem”. Ele disse: “todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem”. E os religiosos que acharem isso ruim, reclamem com quem escreveu a Bíblia. A realidade da verdadeira fé cristã está bem clara. Quem se diz discípulo de Cristo, mas foge do sacrifício, está enganando a si mesmo.

Colaborou: Vanessa Lampert

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *