Mensagem

A fé que movia Abraão

visao_abraao_cdaAbraão creu por longo tempo, mesmo quando já não havia mais nenhuma esperança de ver o seu sonho se tornar realidade, para então poder se tornar pai da fé e amigo de Deus.

Conseguiu não somente um filho, mas milhões, conforme lhe fora dito:

“Assim será a tua descendência. E, sem enfraquecer na fé, embora levasse em conta o seu corpo já amortecido, sendo já de cem anos, e a idade avançada de Sara, não duvidou, por incredulidade da Promessa de Deus; mas, pela fé, se fortaleceu dando glória a Deus, estando plenamente convicto de que Ele era poderoso para cumprir o que prometera.”

Romanos 4.18-21

Quem é da fé é guiado pelo que não vê, e não pelo que vê.
Se Abraão focasse nas circunstâncias, certamente desanimaria como qualquer outra pessoa. Motivos para isso não lhe faltavam. Tudo lhe era desfavorável. Ele já não era um garoto casado com uma jovem estéril, mas um homem envelhecido casado com uma mulher também envelhecida e estéril.

Quem tem a fé sobrenatural submete os planos naturais aos espirituais. Tudo que é celestial está acima do que é terreno, e o que é espiritual está acima do que é material.

Quem olha para as dificuldades desanima e perde a visão de Deus.

O segredo de Abraão era a sua fé 100% imersa nas Sagradas Escrituras.
Por isso, ele não se enfraqueceu! Os anos de espera não o venceram e as condições físicas dele e de Sara não o fizeram duvidar daquilo que é mais sublime e precioso: a Palavra de Deus!

Nada no universo se compara à Palavra do Deus Altíssimo.
Ela é soberana nos Céus e na Terra! Nada pode impedi-la!
Não há força ou poder que possa confrontá-la. Ela é o Próprio Deus materializado. Aonde ela chega, as trevas se dissipam e o impossível acontece.

Abraão sabia disso! Ele tinha a plena convicção de que a Promessa do Todo-Poderoso se cumpriria. Não importava o tempo exigido para isso. Ele cria, e isso era o suficiente para sustentá-lo dia após dia, e ano após ano.

As suas decisões não eram compreendidas pelos demais. Parecia loucura! Pois trocar o certo pelo duvidoso não é algo que pode ser compreendido por quem não teve a revelação da fé sobrenatural.

Mas Abraão era diferente! A sua fé o fazia especial em meio àquela geração. Os olhos físicos procuram algo físico como referência, mas os olhos espirituais, que são os da fé, miram no invisível e perseveram até ver se cumprir a Promessa.

Você é do tipo que costuma analisar as possibilidades para o seu milagre acontecer?

Bispo Domingos Siqueira

bispomacedo.pt

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *