Mensagem

Alguém acreditou em mim – Sabrina

SABRINA

Meu nome é Sabrina, tenho 24 anos. Antes de conhecer o trabalho da Universal, tinha uma vida totalmente destruída.

Com 8 anos de idade fui abusada sexualmente pelo irmão do meu padrasto. Na última vez que fui abusada, meu ex-padrasto chegou na hora do ato e começou a agredir o rapaz, cortando o rosto dele com uma faca. A família dele falou que eu iria pagar com a mesma moeda.

A partir daí começou um tormento na minha vida. Aos 14 anos ingressei nos vícios (bebidas alcoólicas, cigarros e drogas) e passei a ficar não só com vários garotos, mas com garotas também, a fim de preencher o vazio que existia em mim, e me afundei cada vez mais no alcoolismo. Com 21 anos já era totalmente viciada, tinha que beber todos os dias para me saciar. Meu café da manhã era uma lata de cerveja.

Num domingo de Dia das Mães, ao sair na rua, vi que uma mulher estranha estava agredindo meu irmão caçula, que já estava sangrando. Então corri e a empurrei. Fui levantar o meu irmão. Nisso, ela quebrou um copo em minha cabeça. Ao me virar, ela fincou o copo quebrado no meu rosto, fazendo um corte em toda a face do lado esquerdo, desde a cabeça até o pescoço.

Fui levada para o hospital desmaiada, ficando entre a vida e a morte. Levei 182 pontos, tive até que receber doação de sangue. Estava num hospital sem recursos e tive que ser atendida na sala de necrotério. Fiquei 2 meses me alimentando por sonda. Depois disso tive depressão profunda devido às sequelas da agressão e, por ter todo meu cabelo cortado, fiquei num estado tão ruim que recebi até atestado de loucura.

Tentei me matar duas vezes. Na primeira, tomei coquetel de remédios com cachaça, e na segunda, tentei me enforcar pendurada com um lençol, mas ele arrebentou.

Com muito ódio e sede de vingança, tentei matar duas vezes a moça que me cortou, queria ver sua destruição total. Mas, graças a Deus, não obtive êxito.

Nessa fase da minha vida já não tinha mais perspectiva nenhuma.

Mas tudo mudou quando, por meio de um convite, cheguei à Universal, onde passei a buscar ajuda. Com essa ajuda, tive uma mudança total em minha vida. Perdoei a moça que me cortou, também o irmão do meu padrasto, que abusou de mim, e assim me libertei de toda a mágoa. Pude conhecer verdadeiramente o SENHOR JESUS.

Hoje sou uma jovem transformada. Me libertei dos vícios, da depressão, da homossexualidade e de tudo que me levava a ter uma vida triste e vazia. Recebi o Espírito Santo e, por isso, tenho alegria de viver. E essa alegria que tenho quero transmitir ao máximo de pessoas, para ajudá-las a terem suas vidas transformadas como foi a minha.

Sabrina

MarcelloBrayner

bispo macedo
Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *