Mensagem

Amigo de Deus

amigo_Deus_cdaSabemos que Abraão foi chamado amigo de Deus. Tiago 2.23.

Mas existe um detalhe nesse versículo que não costumamos observar: a Bíblia não menciona que Deus era amigo de Abraão – embora Ele fosse –, mas que Abraão era amigo de Deus. E não foi por acaso.

Para iniciar uma relação de amizade é preciso que ambas as partes estejam dispostas a isso. Mas não é o que tem acontecido entre a maioria das pessoas e Deus. Tudo o que Deus fez e faz em relação à humanidade mostra o quanto Ele está disposto a ser Amigo de cada um de nós, mas os seres humanos não se mostram tão dispostos assim a serem amigos de Deus.

Quando analisamos as características de um amigo, entendemos por que a maioria das pessoas não consegue construir uma relação de amizade com o Altíssimo, e o motivo pelo qual Abraão foi chamado de amigo de Deus.

Consideração: o que temos visto são pessoas que vivem como se Deus não existisse, desconsiderando o que Ele diz. Mas Abraão considerava as palavras, orientações e conselhos de Deus, ou seja, agia de acordo com eles;

Respeito: desrespeita-se a Deus quando Sua Autoridade e Soberania não são reconhecidas, e é justamente isso que observamos no comportamento de muitos. Mas Abraão temia a Deus, por isso, obedecia e se submetia a Ele;

Lealdade: é uma questão de moral. Mas o que tem reinado no coração e na mente das pessoas é a imoralidade. A falta de caráter tornou-se algo comum, e não há mais a preocupação de andar retamente. Mas Abraão cumpria o que prometia a Deus, honrava a palavra que empenhava para com Ele;

Disposição para ajudar: as pessoas estão preocupadas apenas com seus próprios problemas, com sua própria vida. O egoísmo tem imperado, e, se elas já não se mostram dispostas a ajudar a quem veem, como contribuiriam para algo que não veem? Mas Abraão tinha tanta disposição para cooperar com o Plano de Deus que sacrificou dia após dia em favor dEle;

Comunicação: a comunicação com Deus torna-se impossível quando se tem uma mente focada nas coisas terrenas, e é justamente esse tipo de mente que a maioria tem. Mas a mente de Abraão estava voltada para as coisas eternas. Por isso, Deus falava com ele, e ele ouvia a Sua Voz;

Coisas em comum: o mundo ama e promove ideias avessas aos preceitos de Deus. O próprio espírito das pessoas é ruim. Mas o espírito de Abraão tinha conceitos e valores em comum com o Espírito de Deus. Deus já observava o comportamento e a índole de Abraão, que eram distintos das demais pessoas daquela época. Por isso, o chamou;

Confiança: a maioria das pessoas manifesta uma fé fraca e emotiva, que se abala diante da primeira situação contrária. Por isso, logo começam a questionar, duvidam e abandonam a Deus. Mas Abraão confiava tanto em Deus que creu que a Sua promessa se cumpriria ainda que viesse a sacrificar o seu único filho no Altar.

Muitas pessoas esperam a amizade de Deus, mas elas mesmas não fazem o que é preciso para serem amigas de Deus. Elas desejam colher os benefícios dos favores de Deus, mas não estão dispostas a serem favoráveis para com Ele e para com Seus Planos. Deus se dispõe a ser Amigo de todos, mas poucos se dispõem a ser amigos de Deus.

Abraão não operou nenhum milagre, mas ele era o próprio milagre – porque ele ouviu a TODA Palavra do Altíssimo. Por isso, tornou-se um referencial.

Quer ser amigo de Deus? Olhai para Abraão Isaías 51.2

bispomacedo.pt

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *