Mensagem

Assentar-se primeiro para calcular

man

Só há uma maneira de conseguirmos aquilo que foge do nosso alcance: se estivermos aliados a Deus.

E também só existe uma maneira de estarmos aliados a Deus: se manifestarmos a Fé consciente nEle e em Sua Palavra. O impossível deixa de ser impossível diante dessa Fé. Outros tipos de crença, religiões e rituais não podem realizar o que ela realiza, visto que não vêm acompanhados de sacrifício, conforme nos aproxima do Altíssimo.

É por esse motivo que, para o impossível acontecer, é imprescindível o exercício dessa Fé, através da renúncia dos próprios pensamentos, a fim de absorver os Pensamentos de Deus. É o sacrifício do mínimo para a conquista do máximo.

E não poderia ser diferente. Somente Deus é capaz de realizar o impossível, mas Ele tem emprestado Seu poder para também realizarmos o impossível para a Sua Glória. Esse poder é o dom da Fé, que vem do ouvir a Sua Palavra, e torna-se eficaz se for colocado em prática corajosamente através de atitudes sacrificiais.

Por isso, só consegue fazer uso desse poder quem verdadeiramente é discípulo dEle. Afinal, “discípulo” é o que recebe instrução de outro e a pratica. É a pessoa que adota uma doutrina, segue as ideias ou imita os exemplos de seu mestre. Portanto, quem quiser adotar os ensinamentos de Jesus como padrão de comportamento, deve renunciar a própria vida. Ele mesmo deixou bem claro que, para ser Seu discípulo, é preciso obedecê-lO, renunciando a si mesmo e abrindo mão de tudo que este mundo oferece.

E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após Mim não pode ser Meu discípulo. Lucas 14.27

Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser Meu discípulo. Lucas 14.33

Não é à toa que Ele aconselha ao que quer segui-lO assentar-se primeiro para calcular se está mesmo disposto a assumir compromisso de obediência até o fim, se conseguirá pagar o preço dessa decisão. Isso é o que se chama de fé consciente, fé racional ou fé inteligente. Essa Fé nos obriga a usar a razão para fazermos a escolha que realmente iremos honrar, sem emoção ou precipitação, uma vez que conhecemos o que ela exige de nós.

O Altíssimo não impõe Sua disciplina a ninguém, mas também não confere Seu Poder a todos. Ele nos deixa cientes de como devemos agir se quisermos esse Poder dentro de nós. É uma proposta que devemos analisar com a mente, não com o coração – porque é um preço a ser pago, não uma graça gratuita.

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *