Mensagem

Cura dos Vícios na Rússia

cura_russiaNa última sexta-feira, 14, a Rússia recebeu o bispo Rogério Formigoni, que realizou o Tratamento para a Cura dos Vícios.

Na ocasião, mais de mil pessoas estiveram presentes; a maioria sofria com algum vício ou tinha familiares viciados.

“O viciado nunca assume que é viciado, já que o vício abrange muitas coisas, desde a droga até, por exemplo, a comida. O vício é toda uma ação que se faz de forma repetitiva e que provoca um mal”, afirmou o bispo Formigoni.

Hoje, a Rússia é um dos maiores consumidores de bebidas alcoólicas do mundo. Um estudo realizado pela Universidade de Oxford (Inglaterra), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Centro de Pesquisa do Cancro da Rússia revelou que 25% dos homens russos perdem a vida antes dos 55 anos de idade em decorrência do consumo excessivo de álcool.

Contudo, há uma solução para essa situação, e a prova é a vida da jovem Valodia. Ela bebia 2 garrafas de vodka por dia, mas após participar do Tratamento para a Cura dos Vícios, foi liberta e o desejo de beber acabou.

Durante o tratamento, estavam presentes familiares de viciados na droga conhecida como “Krokodil”, uma substância devastadora e que, infelizmente, foi criada na Rússia.

“As pessoas não costumam demonstrar suas reações e sentimentos, mas todos absorveram o espírito que foi passado”, comentou o obreiro Nicoali, que é de nacionalidade russa.

Diante dos testemunhos, o público presente participou e reagiu de maneira positiva.
Por isso, o Tratamento para a Cura dos Vícios terá continuidade, todos os domingos, às 15h, levando a libertação a toda a Rússia.

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *