Mensagem

Das ruínas à glória de Deus

Bispo Macedo,

Sou um sobrevivente da tragédia de Osasco que o senhor presenciou há exatos 15 anos. Eu estava lá, naquela madrugada de sexta-feira, quando o telhado da Universal caiu de maneira repentina.

Perdemos familiares, amigos e conhecidos, mas não desistimos da nossa fé. Choramos com o senhor e toda a família Universal, mas nunca deixamos de olhar para o Altar. O relato que o senhor faz em seu livro “Nada a Perder 2” é tão comovente quanto real.

Nosso sofrimento foi mesmo profundo, superado apenas pela certeza de que “tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus”.

No último dia 25, também uma noite de sexta-feira, essa convicção foi renovada.
Uma concentração de fé, realizada pelo bispo Jadson Santos, superlotou a Universal na cidade de Osasco com mais de 4 mil pessoas.

Mais de mil cadeiras extras precisaram ser espalhadas pelo nosso templo, tamanha a sede do povo em conhecer o Deus vivo.

O resultado é que milhares de vidas continuam sendo salvas em Osasco e, o mais impressionante: as catedrais se espalharam pelo mundo e, em breve, vamos contemplar a esplêndida inauguração do Templo de Salomão!

O mesmo Deus que estava conosco naquela madrugada continua guiando a Universal.

Bispo, que alegria difícil de explicar!

Jeferson Ricardo da Silva, obreiro de Osasco há 18 anos.

bispo macedo

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

antonio Responder 11 Dezembro, 2016 às 19:53

Esse foi preso por corrupçao em osasco….dessa ele nao escapou.