Mensagem

Do inferno para o Céu

heavenhellBispo Macedo,

Eu vim da Igreja Batista, e dos cinco aos 11 anos de idade fui abusada por meu pai, que era o pastor da igreja.

No dia em que ele pregava, eu tinha vontade de vomitar. Pois sempre se levantava um “profeta” o elogiando, dizendo que para Deus ele era como Davi. E eu dizia para mim mesma: “Como pode isso? Esse Deus é injusto!”

Cresci dessa forma.

Por causa disso, não acreditava mais em DEUS.

Cheguei a servir aos ‘encostos’. Também passei a me drogar todos os dias. Uma vez, cheirei tanta cocaína que saiu um sangue grosso do meu nariz. E pior, todas as vezes que estava drogada, tinha certeza de que se JESUS voltasse eu iria para o inferno.

Certa vez, quando fui a um curso de espanhol, apaguei. Entrei em uma Universal (nunca havia entrado), e o senhor, bispo, mesmo sem me conhecer, orava como sempre tem feito, pelos que estão do lado avesso da vida. Por isso creio que o Próprio DEUS, por meio dessas orações, proporcionou este momento para mim.

Obrigada, bispo! Sou fruto das suas orações.

Quando o senhor ora pelos perdidos neste submundo, DEUS atende as suas orações e tem tirado almas das mãos do diabo.

Não sei como lhe agradecer!

Hoje sou obreira aqui em Recife – PE, na região de San Martin, e empresária. Tenho um esposo que também é obreiro e um filho que também é obreiro. Nós três fazemos a Obra na Casa de DEUS. Além disso, temos mais duas filhas – uma com 12 anos, que é da EBI, e a caçula, de oito anos.

Todos os meus filhos têm prazer de estar na Casa de DEUS. Hoje posso lhe afirmar: minha família é realmente de DEUS, e mostramos isso com o nosso testemunho. E aprendemos com o senhor, bispo Macedo, nosso pai na FÉ.

Família de ANGELIS

SERVIMOS NO ALTAR DE DEUS EM SAN MARTIN, RECIFE – BRASIL

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.pt

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *