Mensagem

É preciso experimentar

laranja

Um sábio desafiava qualquer pessoa a discutir com ele sobre a fé cristã. Certo dia, enquanto falava a uma pequena plateia, um homem humilde se dispôs a argumentar com o sábio. Neste momento, o sábio lhe franqueou a palavra dizendo: “Responda os meus argumentos!”

O humilde homem apanhou uma laranja, descascou com calma, chupou a laranja e voltando-se para o sábio disse: “Estou pronto para falar”.

O sábio, com um sorriso irônico, foi dizendo: “Até que enfim! Vamos lá! Fale, fale… o que tem a dizer em resposta aos meus argumentos contra a fé cristã?”

Então, perguntou-lhe o homem: “A laranja que chupei estava doce ou azeda?”

O silêncio foi total, quebrado, em seguida, por uma imensa gargalhada. Todos riam!

Mas quem mais ria era o sábio que disse: “Foi o senhor que chupou a laranja…O senhor é que deve saber se ela estava doce ou azeda!”

“Um momento, vamos com calma… Se quem chupou a laranja fui eu, só eu sei se ela estava doce ou azeda, isso fala a meu favor e em favor da minha fé cristã. Antes, minha vida era de uma forma. Depois que conheci o Senhor Jesus Cristo fui transformado. Um verdadeiro milagre! De modo que, como o senhor vê, eu provei da laranja da Salvação e sei que ela é doce, muito doce. Na verdade, é o senhor que está fazendo papel de maluco, falando de um assunto que o senhor não conhece. Se o senhor nunca experimentou a fé cristã, como pode saber o gosto que ela tem?”

O sábio fora silenciado. Nesse caso, se cumpriu o versículo que diz:

“Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.” 1 Coríntios 1.27

marcio

bispo macedo

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários