Mensagem

O espírito do pecado

 

“A alma que pecar, essa morrerá…” Ezequiel 18.20

O pecado é um espírito. Assim como há o espírito de enfermidade, espírito de vício, espírito de assassinato, espírito de pedofilia, espírito de mentira, espírito de prostituição, espírito de engano, de corrupção, de roubo, etc. etc. Todo e qualquer pecado carrega em si um espírito maligno.

O seu objetivo é promover a injustiça, a desordem e a rebeldia contra o Reino da Justiça – o Reino de Deus. Além disso, conduzir a alma humana ao inferno – Quartel-general do Império da Injustiça e fonte dos espíritos malignos. É para esse lugar que vão todos os que morrem na injustiça.

“Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.”Gênesis 4.7

Em outras palavras, Deus falou com Caim: “Se você fizer o bem, Eu o aceitarei, mas, se fizer o mal, o pecado está à porta de sua alma, e sobre ela será o desejo do pecado, mas cabe a você dominá-lo.”

Quando o SENHOR diz que o pecado “jaz à porta”, confirma a existência da entidade espiritual maligna capaz de gerar o pecado que conduz à morte. Mas se a pessoa é possuída pelo Espírito de Deus, o espírito do pecado não tem domínio sobre ela: “Porque o pecado (espírito do pecado) não tem domínio sobre ela por estar sob o domínio do Espírito de Deus.” Romanos 6.14

Como espírito maligno, o pecado fala, instrui, inspira e sopra os seus pensamentos de dúvida, a fim de influenciar na escolha errada dos desprevenidos e ingênuos. A pessoa que lhe obedece, automaticamente, torna-se serva dele. E quanto mais peca, mais escravizada fica.

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *