Mensagem

Experiências extraordinárias no Templo de Salomão

Bom dia, bispo!

E que DIA, estou renovada! Ah! Que dia, bispo!imagempost
Neste sábado tive uma forte experiência com Deus no Templo de Salomão. Foram quatro anos de preparo, quatro anos aguardando entrar neste Santo Lugar, e, com o Jejum de Jesus, nos santificando dias antes de pisarmos ali.

Estamos no Rio Grande do Sul. Quando cheguei com o ônibus ao Brás, enxerguei o Templo por sobre os outros prédios, e assim como imaginava, vi sua grandeza e magnitude. Realmente, é um Templo para a Glória do nosso Deus!

Há tantas igrejas que infelizmente não entendem isso… Nós aprendemos a glorificar o nosso Deus!

Queria contar a minha experiência ao chegar no Templo. Ao entrar pela Porta, não contive minhas lágrimas, não por emoção, mas sabia da Santidade de estar ali, do privilégio e alegria de estar no Templo de Deus. Logo passou um filme da minha história com Deus. Ali em silêncio, bispo, Ele falava comigo. Só em escrever e lembrar meus olhos se enchem de lágrimas de alegria.

Lembrei desde o momento em que cheguei à Igreja; eu não lembrava nem a roupa que usava, e ontem eu lembrei, me lembrei de tudo como num filme: do meu batismo, das minhas renúncias, do meu encontro com Ele, do meu batismo com o Espírito Santo, da minha consagração a obreira, e de tudo mais que Ele havia feito por mim. Lembrei também das lutas e vi o quanto elas fortaleceram a minha fé e o quanto elas haviam me amadurecido! Via os bispos andando no meio de nós e suas esposas que tanto admiro… Eu fiquei admirada! Logo lembrei que estava no Templo de Deus, e então, diante dEle, todos nós estamos no mesmo lugar, diante dEle.

Quando terminou e ficamos lá fora – fomos os últimos a sair -, vi quando o senhor foi lá para fora com outros bispos e a alegria com que o senhor estava. Deus fez com o senhor como fez com Abraão: ele queria um filho apenas, e Deus o fez pai de uma nação; o senhor queria ganhar aquela ovelhinha, a alma de seu amigo, e lhe deu uma nação de filhos espirituais!

Bispo, só quero agradecer ao senhor. Muito, muito obrigada por trazer o Templo! A Santidade se fez ainda mais forte dentro de mim!

Luana Peruzzo Caciano

*****************************************************************************

Olá, bispo!

No último sábado, eu tive o imenso prazer de estar na reunião das 18h no Templo de Salomão. Um dia que ficará marcado em minha memória até o meu último suspiro de vida.

Vim agradecer ao senhor por tudo! Quando o senhor estava pregando para nós sobre a fé e a Salvação, minha vontade era de ir até o senhor e agradecer por tudo. Eu vi no senhor o amor de pai que eu nunca senti, pois fui abandonada pelo meu pai quando era uma criança.

Mas, voltando ao assunto, fiquei muito maravilhada por ver o amor que o senhor tem para conosco, o cuidado e o ensinamento, exatamente como de um pai que se preocupa com a sua filha. Também quero agradecer pela gloriosa oportunidade de poder pisar os meus pés no Templo.

Assim que as portas se abriram e eu entrei no Santuário, não me contive e chorei como criança. É EXTRAORDINÁRIO! Tenho certeza que minha vida não será a mesma, como diz aquela Palavra: “Que nem olhos viram, e nem ouvidos ouviram…”

Bispo, eu não imaginara a grandeza daquele Santo Lugar, é glorioso, magnífico e majestoso! Quando entrei esqueci de tudo e de todos e fiquei analisando cada centímetro. É tudo perfeito, passou um filme em minha mente de onde Deus me tirou, de tudo o que ele fez em minha vida.

Sou a pessoa mais feliz deste mundo, pois, mesmo sendo cheia de falhas e imperfeições, Deus me escolheu para fazer parte dessa grande Obra.

ALELUIA, que alegria, bispo! Quero agradecer em primeiro lugar a Deus e em segundo ao senhor.

Obrigada, que Deus o abençoe!
Sinthia Braga, esposa de pastor na cidade de Luiz Antônio – SP

*****************************************************************************

Bom dia, bispo Macedo!

Gostaria de contar a minha experiência neste domingo pela manhã, quando cheguei na igreja que estamos, após entrar no Templo de Salomão. Vi a glória de Deus ao entrar no Templo. Tudo falava comigo naquele lugar: o chão, as paredes, assim como as oliveiras. Enquanto eu pensava “Nossa, como conseguiram trazê-las de Israel…”, Deus falou comigo “A grandeza não está em como as trouxeram, nem de onde vieram, mas em Quem as fez chegar até aqui.”

É como a gente. O nosso valor não está em quem somos, mas em Quem nos escolheu. Foi Ele que nos valorizou quando nos escolheu… Depois, ao ver tantas outras coisas, Deus falava em meu silêncio. Nem com o meu esposo eu quis falar, pois esse dia era do Meu Deus, eu só queria ouvi-Lo, não queria perder nada, e creio que não perdi.

Quando cheguei aqui na igreja, foi ainda mais glorioso! Posso dizer que tenho novos olhos.

Nossa igreja tem 120 membros, uma igreja pequena, e eu a enxergava assim, mas domingo pela manhã, quando entrei, parecia que eu estava entrando no Templo novamente, foi muito forte! Eu olhava para as pessoas com um amor que não cabe no meu peito, deu vontade de abraçar todo mundo e de dar o que de graça recebi.

Quando olhei para o Altar, eu só pensava: Santidade ao Senhor! Eu olhava para o meu esposo e enxergava, espiritualmente, um verdadeiro sacerdote. Consegui olhar realmente para ele como um homem de Deus e não apenas como meu marido. Vi unção em suas palavras, um temor enorme em sua oração a Deus! Não que ele não tivesse isso, ele tinha, mas o que mudou foi a minha visão.

Há muito tempo não assistia a uma reunião estando tão envolvida em tudo, desde a primeira oração até a última, como neste domingo. Não vi defeitos no que ele falava ou fazia, apenas Deus do início ao fim, como no Templo.

Tudo aqui na igreja está falando comigo: as paredes, o chão, o Altar, o povo… Se vejo um papel no chão, eu penso “É a casa do meu Deus, tudo deve mostrar Sua Glória!”

Bispo, eu mudei e minha visão mudou depois de entrar no Templo de Salomão. Não sou mais a mesma. Hoje percebo o quanto sem temor e reverência a Deus eu estava, mas isso mudou, para a glória de Deus! Até o meu amor pelas almas foi renovado, e pelo meu esposo também. Hoje os amo ainda mais, pois vi a glória de Deus, e quero passar isso a todos a minha volta! Quero que todos entrem aqui nessa igreja, e em todas por onde passaremos, e vejam, assim como no Templo, o Quão extraordinário o nosso Deus é, por meio da nossa vida e ministério!

Vai arrebentar a partir de hoje aqui, pois sou uma nova serva, e vou colocar ainda mais força no nosso trabalho auxiliando o meu esposo no Altar e ganhando mais almas para o meu Senhor. Vamos remir o tempo!

Gabrielle Improta – Salvador – BA

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 comentários

Domingos Jossias Zucula Responder 22 Julho, 2014 às 11:20

Domingos – São Marcos
As milhas que separam fisicamente o Templo de Salomão, do CdA do Rio do Mouro, onde estivemos no sábado, não puderam em nada diminuir, a alegria, gratidão, em suma, a Glória de Deus , em nossas vida! Foi e continua sendo Forte, rever os momentos da inauguração do Templo. Eu sou o Templo do Deus do Extraordinário!

Henrique Varela- Espanha Responder 23 Julho, 2014 às 8:33

Realmente foi algo maravillhoso. Mesmo estando em Espanha participando da inauguração, foi algo grandioso. Para mim superou minhas expectativas.
Um dos vários momentos muito importantes foi quando o Bp. Macedo mandou o Bp. Clodomir consagrar o azeite, realmente Deus baixou na minha vida de uma forma poderosa, extraordinaria.
Há momentos maravilhosos que passamos com Deus, e um de esses momentos foi nesse dia.
Um abraço, obrigado meu Deus, e obrigado Bp. Macedo pelo carinho, cuidado e preocupação pelas almas.