Mensagem

Fé atrevida de Abraão

ceu

Não temas, Abrão, Eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande. Gênesis 15.1

A revolta de Abraão era tamanha que desconsiderou mais essa promessa de Deus.
Apesar de seus inúmeros privilégios, ainda assim estava revoltadíssimo com a sua situação humilhante.

Ele era o abençoado do Senhor por onde quer que fosse;
Ninguém se atrevia a mexer com ele, porque o Todo-Poderoso era seu Escudo;
Quem o abençoava, era abençoado;
Quem o amaldiçoava, era amaldiçoado.

Abraão era invencível, intocável e inabalável porque contava com o Deus Altíssimo.
Após ter prevalecido sobre quatro reis, que haviam vencido outros cinco reis, Abraão ficou receoso de que sua fama se espalhasse e suscitasse a ira e a inveja de todos os povos daquelas terras.
Ele contava apenas com 318 homens nascidos em sua própria casa.

Quando o Senhor lhe aparece numa visão e o anima dizendo para ele não temer os inimigos e lhe garante galardão muito grande, Abraão manifestou revolta pela sua situação humilhante de ainda não ter tido um filho, pelo menos.
Ou seja, ele não considerou a promessa de galardão sobremodo grande.

Quando se manifesta a fé atrevida, não há nada a perder.
Esse é o tipo de fé que violenta o inferno, arrasa as dúvidas e impõe o querer.
Creio que o atrevimento da fé de Abraão agradou ao Todo-Poderoso.
Por isso, lhe deu a visão do céu estrelado.
E lhe prometeu descendência inumerável.
O Altíssimo é assim mesmo.
Está sempre pronto

para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o Seu poder que opera em nós… Efésios 3.20

Obs. Não se esqueçam: o Jejum de Jesus não é para qualquer um, assim como as infinitas bênçãos do Todo-Poderoso também não são para qualquer um.

bispo macedo
Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *