Mensagem

Genealogias na Bíblia

Livro_Genesis_cdaA genealogia é um estudo que possibilita conhecer a origem ascendência, descendência, relações familiares, procedência de nomes e sobrenomes de um indivíduo.

Ela está presente em vários trechos da Bíblia, principalmente no Antigo Testamento. No primeiro contato com um texto genealógico pode parecer desnecessário e cansativo, porém toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e útil para o ensino (2 Timóteo 3.16), e o maior objetivo da genealogia bíblica foi cumprido ao provar a origem do Senhor Jesus como Messias.

No passado, ela tinha a função de preservar a linhagem das tribos, suas possessões de terras, identificar as ligações sanguíneas e legitimar os que iriam servir a Deus como levitas, sacerdotes e sumo sacerdote.

A sociedade judaica era patriarcal. Por essa razão, normalmente, somente os homens apareciam. No entanto, um detalhe marcante aparece na genealogia do Senhor Jesus, como forma de mostrar que a Salvação viria por meio da fé e se estenderia a todos: as mulheres que fizeram parte da Sua história.

É interessante notar que nem Sara, Rebeca, Raquel ou mesmo Ester, importantes figuras femininas da Bíblia, fizeram parte da linhagem de Cristo. Mas mulheres aparentemente insignificantes, que reconstruíram suas vidas por meio da fé e da misericórdia dEle, foram Suas antepassadas. Veja o histórico de algumas delas:

* Tamar – envolveu-se em um conflito sexual (Gênesis 38);
* Raabe – uma ex-prostituta (Josué 2.1);
* Rute – uma estrangeira (Rute 4.18);
* Bate-Seba – protagonizou uma história de adultério (2 Samuel 11).

Isso nos ensina que não importa quem você é ou o que faz. Aqueles que desejam ter uma nova vida devem arrepender-se de seus pecados, pois assim estarão aptos a tornar-se da família de Deus. O segredo para permanecer nela é nunca permitir que a sombra do passado nos atormente com dúvidas quanto à nossa sinceridade diante de Deus.

Mas, apesar de os judeus serem tão zelosos com a tradição das genealogias e leis, não perceberam o fundamental: o nascimento mais aguardado de todos os tempos – o do Messias, Rei e Salvador Senhor Jesus, que nasceu em Belém, e fez parte da linhagem de Davi. As próprias profecias já indicavam isso: Jeremias 33.14-17; Malaquias 5.2; Sl 69.9; Isaías 9.1; Zacarias 9.9 e 11.13.

Isso nos ensina que o conhecimento das Escrituras, quando não é alicerçado na fé, torna-se perigoso. Infelizmente, esse espírito religioso tem sido visto nas igrejas nos dias de hoje. Pessoas têm apoiado suas vidas na prática de rituais religiosos, conhecimentos bíblicos, cargos e títulos, e perdido o melhor de Deus, que é a Salvação. Porque, é como diz a Palavra: A letra mata, mas o espírito vivifica.2 Coríntios 3.6

Hoje não se faz mais necessário o uso da genealogia nem para confirmar a posse de bens e muito menos para distinguir quem é desta ou de outra tribo, pois somos um no Senhor Jesus, como o Apóstolo Paulo afirma: no qual não pode haver mais grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo, livre; porém Cristo é tudo em todos. Colossenses 3.11

Núbia Siqueira

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *