Mensagem

Guerra nossa de cada dia

pecado iurd bispo macedo

As Escrituras nos mostram que o fato de uma pessoa nascer de novo não a isenta de cair no pecado, afinal de contas, moramos num corpo físico e, durante todo o tempo de nossa vida nesse mundo, corremos esse risco e temos que lutar contra as vontades da carne, porém:

Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nEle é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. 1 João 3.9

Essa divina semente nasce junto com o novo interior do filho de Deus, cuja natureza é espiritual, o qual vê o pecado como um corpo estranho e logo o rejeita, expulsando-o do meio espiritual. Esse conflito entre o pecado e o interior espiritual corresponde ao tormento da alma de quem cometeu tal erro e a única solução é a confissão, só assim sai o peso do pecado e da consciência, e entra a leveza de uma consciência sã, juntamente com uma fé saudável capaz de remover montanhas novamente.

Já o que ainda não nasceu de Deus recebe o pecado de forma pacífica e harmoniosa no seu interior carnal, pois os dois vivem em plena comunhão.

…todo aquele que vive pecando não O viu, nem O conheceu. 1 João 3.6

Agora podemos entender por que muitos obreiros(as) vivem no pecado e não confessam, é porque não nasceram de Deus e o pecado é muito bem recebido em seu interior. Já os que pecaram, porém logo confessaram e abandonaram seus pecados, é porque sua natureza espiritual não conseguiu conviver com tal prática nociva e abominável ao Espírito Santo que habita em seu ser.

E seu interior obreiro(a)? É de natureza carnal ou espiritual? Se você está convivendo de forma harmoniosa com o pecado e não o confessa, é porque você ainda é alma vivente, filho(a) de Adão;

…O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. 1 Coríntios 15.45

Se você pecou e está atormentado(a) por conta desse erro cometido, sofre com uma tristeza profunda por causa do pecado, há um conflito enorme em seu interior, vive sem paz e não aguenta mais essa situação, mas vai e confessa, é porque você é espírito vivificante, filho(a) do último Adão (Jesus) 1 Coríntios 15.45.

Imagine você tendo agora a oportunidade de confessar (e caso seja um pecado cometido com alguém, tipo adultério e prostituição, dentre outros, este deve ser confessado também à direção da igreja, ao seu pastor ou bispo, pois você faz parte do corpo de semi-oficiais da igreja), mas não confessa e chega o momento da sua partida desse mundo, para onde vai sua alma?

PENSEM!

O Espírito de Deus os abençoe!

Bispo Sergio Correia iurd

bispo macedo

Bispo Edir Macedo

bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários

albertochico Responder 11 Junho, 2014 às 11:56

se a pessoa que diz ter o novo nascimento e vive no pecado ainda esta neste mundo porque no reino dos ceus, os que vivem la nao sofre tentacoes mas sao provados no fezer a vontade de Deus ( adorar ) nos pdemos no agir, falar, pensar etc… e isso nos segura na hora do pecado para nao repitir o erro