Mensagem

Jejum contra o suicídio

jejum-contra-suicidio

O Japão é conhecido mundialmente pela evolução e tecnologia de ponta.

Um povo de espírito aguerrido que sobreviveu e, com dificuldade, se reergueu após a 2ª Guerra Mundial.

Um país que é constantemente atingido pelas catástrofes naturais, luta para diminuir os números que o colocam no ranking mundial entre os 10 países com maior número de suicídios.

A pressão começa desde cedo, ainda na escola, onde milhares de crianças são vítimas de bullying.

O bullying é uma realidade nas escolas, ruas e até mesmo na família, um sofrimento que leva jovens e adolescentes ao suicídio.

Uma pesquisa realizada no Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, em 2014, afirmou que 37% das crianças tinham o desejo de morrer.

Em 2010, uma estudante de 11 anos, vítima de bullying pelos colegas de classe, cometeu suicídio. Ela era atacada constantemente com frases ofensivas como: “Você cheira mal”, “O ar está contaminado pelos seus germes”, “morra” etc.

Historicamente, o segundo semestre escolar é marcado com o maior número de índices de suicídios entre jovens de 10 a 19 anos. Para muitas crianças, o fardo da ‘sobrevivência’ é algo insuportável.

Em 2014, o Japão registrou o suicídio como primeira causa de morte para pessoas entre 10 e 19 anos. Segundo os últimos dados oficiais emitidos em dezembro de 2015, 24.554 pessoas cometeram suicídio. Destes, 529 eram pessoas com idade de até 19 anos.

A japonesa Masayo Itakura, que também foi vítima de bullying na escola, sofreu com os traumas até a vida adulta. Desde a infância ela carregava o desejo pela morte. Infeliz e vazia, se envolveu com vários tipos de drogas, e em um dos seus piores momentos, ela relembrou todo o sofrimento da infância, e o desejo de morrer se tornou constante.

Ela conta como sua vida mudou ao entender a importância do Espírito Santo e ao buscá-lO com todas as suas forças.

“Após receber o Espírito Santo aprendi a perdoar as pessoas. Hoje realmente a alegria e a paz transbordam de dentro do meu coração.” – Masayo Itakura

Veja o vídeo:

Colaborou: Bispo Jair Barbera

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Maria do Carmo Responder 26 Junho, 2016 às 20:51

Post: Jejum contra o suicídio.
O jejum e uma forma de se consagrar a Deus a onde ficamos fortes espiritualmente e passamos a vencer toda e qualquer tribulação.