Mensagem

Como o judeu vê os Dízimos

judeu-706x432

Bispo, queria compartilhar com o senhor um fato muito interessante que aconteceu aqui.

Uma senhora que frequenta a igreja, mas que era infiel a Deus no tocante aos dízimos, tem um cliente que é judeu.

Vendo que ele é muito rico, ela o questionou sobre os dízimos, se ele crê e pratica. A resposta dele foi um tapa de luva, pois ele disse que dar 10% é muito pouco, pois, segundo ele, dar somente o que está escrito seria como apenas cumprir um dever religioso. Ele não dá 10%, mas 30% de dízimo! E mais, ele disse que muitas vezes, repentinamente, ele pega TUDO o que ganha e põe no Altar.

E ela o interpelou, pois, como ele ficaria, dando tudo? Ao que ele respondeu: Você acha que eu fico com menos? Que me faz falta? Nada disso! O Deus de Abraão multiplica muito mais.

Depois, ela questionou se ele ouvira falar do Templo de Salomão, e ele lhe disse que tem amigos judeus que vivem em São Paulo e que já foram no Templo, os quais lhe asseguraram que o Deus de Israel está naquele lugar, porque tiveram uma experiência extraordinária nele.

O judeu ainda disse que ele também irá e que já está preparando uma oferta muito especial para oferecer no Templo. Ele usou a seguinte expressão: Estou preparando um lindo presente para o meu Deus!

É muito forte, bispo! Eles têm a consciência do Altar, que é nele que a vida muda, que as conquistas chegam, que tudo se transforma. Não existe a palavra impossível no Altar, nele tudo se faz possível!

A nossa oração é para que todos recebam esse mesmo entendimento e sejam ricamente abençoados.

Colaborou:Bispo Franklin Sanches

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *