Mensagem

Não é bom que o homem esteja só…

Ouça o que o Espírito diz aos solitários:

bm230915Creio que, quando disse isso, o Senhor estava pensando no que significaria fazer outra criatura para completar a primeira. Apesar de ambos terem sido criados com perfeição, ainda assim, sem a parceria seriam incompletos.
O matrimônio tipifica a aliança do Criador com a criatura. O homem representando o SENHOR e a mulher a Sua Igreja.

Como o homem deixará seu pai e mãe e se unirá a sua mulher, e, com sua mulher, serão os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas UMA só carne.

Marcos 10.7,8

Ao assumir uma aliança com Deus, o ser humano e Deus se tornam um só Espírito. Da mesma forma, quando há união do homem com a mulher, os dois se tornam uma só carne.

Portanto, a criatura humana foi feita para assumir dois casamentos: o primeiro, do espírito humano com o Espírito de Deus, resultando UM Espírito com Ele.
O segundo, entre a alma dele com alma dela, resultando uma só carne.

Mas aquele que se une ao Senhor é UM Espírito com Ele.

I Coríntios 6.17

De acordo com o Eterno, o casamento é a união mais sagrada na face da Terra porque dá início à Família, que, por sua vez, representa o Casamento com Deus, iniciando assim a Santíssima Família de Deus.
Quer dizer: o casamento do ser humano tem de ser um espelho do casamento com o Deus Altíssimo.
O SENHOR considera os Seus como Marido. Ou seja, Redentor, Provedor e Protetor.

Porque o teu Criador é o teu marido; SENHOR dos Exércitos é o Seu Nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; Ele é chamado o Deus de toda a Terra.

Isaías 54.5

O recebimento do Espírito Santo significa o Selo do Casamento com Deus.
Mas esse casamento depende da entrega total da criatura humana.

O Selo de Deus só é possível após a entrega da outra parte com todas as suas forças, de todo o seu entendimento e de toda a sua alma.

Não tem jeito: quem quiser se casar com o Todo-Poderoso tem que se divorciar do mundo. Do contrário, nada feito.

Aline Cristina
Boa noite, bispo!
Sei bem o que é ser uma pessoa de gritos vazios dentro da igreja, uma pessoa que deseja, mas não faz, e isso prova que nem sempre o querer é poder. Pois descobri que posso desejar ardentemente o Espírito Santo, mas se não fizer nada para recebê-lO, então não adianta nada. Sabe,bispo, aqui na minha igreja todos pensam que, pelo meu caráter ou por não fazer nada de errado, sou batizada com o Espírito Santo. Até ficam bravos ou surpresos quando digo que não sou, só porque um dia, dentro da igreja, eu desci ao inferno, consegui suportar chegar até aqui e vencer. Na verdade, um dia eu fui um exército que morreu e virou um vale de ossos secos, hoje sou um corpo que tem boa aparência exterior, porém, preciso do verdadeiro fôlego de vida e, de uma vez por todas, conhecer o Deus que minha alma clama dia e noite por Ele.

Leia mais:

1º Dia do Jejum de Daniel.
2º Dia do Jejum de Daniel.
3º Dia do Jejum de Daniel.

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *