Mensagem

Não fará justiça o Juiz de toda a terra?

Abraão indaga a Deus se Ele destruiria a cidade havendo nela cinquenta pessoas justas, ou menos. Independentemente do número de justos, Deus disse que preservaria a cidade por amor deles. martelo

Então, partiram dali aqueles homens e foram para Sodoma; porém Abraão permaneceu ainda na presença do SENHOR. E, aproximando-se a Ele, disse: Destruirás o justo com o ímpio? Se houver, porventura, cinquenta justos na cidade, destruirás ainda assim e não pouparás o lugar por amor dos cinquenta justos que nela se encontram? Longe de Ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de Ti. Não fará justiça o Juiz de toda a Terra?” Gênesis 18.22-25

Aqui fica claro que Abraão interrogou a Deus, lembrando a Ele da Sua justiça perante os justos. Podemos ver também Abraão recordando a Deus, em outras palavras, sobre a diferença que deve haver entre o justo e o perverso, prometida por Ele.

Porém, eu gostaria de enfatizar o versículo 25 novamente, onde diz:

Longe de Ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de Ti. Não fará justiça o Juiz de toda a Terra?

Cada estado e país possui o seu juiz responsável, como por exemplo no Brasil, na Inglaterra etc. Mas, se o juiz do Brasil for para os Estados Unidos, ele não pode chegar lá e julgar uma causa. O mesmo acontece se um juiz dos Estados Unidos for para a África. Lá ele também não terá o poder de julgar nenhuma causa.

Mas Deus não. Abraão disse: Não fará justiça o juiz de TODA a Terra?. Deus é o Juiz de TODA a Terra!

Eu pergunto: você acha que Deus perde o Seu poder, de um estado para outro, ou de um país para outro? Eu te respondo: Não! Porque Ele é o Único Juiz de toda a Terra.

É Esse Juiz que estará no Altar no dia 19 de outubro, e Ele não vai permitir que você seja destruído.

Esse Juiz foi o mesmo que disse: Caiam mil ao teu lado e dez mil a tua direita (injustos), mas você não será atingido. Salmo 9.7

Por isso Abraão teve uma fé petulante, ousada, aguerrida e despojada, para indagar a Deus sobre o livramento dos justos, fossem eles cinquenta, quarenta, trinta, vinte ou mesmo um justo somente.

Você que vive essa fé, meu amigo, minha amiga, é este(a) justo(a)!

Você não pode ser encontrado juntamente com os doentes; você não deve estar na fila do desemprego, na fila dos desabrigados; você não deve ser contado com os pertubados, na fila dos divorciados; você não pode estar na fila de um presídio esperando para ser revistada (o) para entrar e ver seu filho (a) que está preso (a); na fila dos necessitados que ficam na dependência da caridade de outras pessoas…

E por que você não pode ser achado nessas situações? Eu repito: porque você é este justo a quem Deus disse que livraria.

Assim como nessa passagem Deus disse que não deixaria os justos serem destruídos, eu digo a você: Deus, por amor a você, não deixará com que você seja destruído no meio das pessoas cancerosas, das pessoas que estão perdendo tudo na vida. Ele não deixará você ser destruído e ir para o inferno com os incrédulos. Seu lugar é no céu. Não é justo que você siga a Jesus e vá para o inferno.

Então, essa Campanha da Justiça é para TODAS as áreas da sua vida.

E minha pergunta é: “Não fará justiça o Juiz de TODA a Terra?”

Ele vai descer. Onde Ele descerá? No Altar!

Descerei e verei se, de fato, o que têm praticado corresponde a esse clamor que é vindo até Mim; e, se assim não é, sabê-lo-ei. Gênesis 18.21

E quando Deus descer no Altar, Ele tem que ver o que você está fazendo, o que é justo, e aí então, Ele fará justiça na sua vida.

Colaborou: Bispo Bira Fonseca

Bispo Edir Macedo

bispomacedo.pt

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *