Mensagem

O Evangelho segundo a própria pessoa

E levantou ali um Altar e lhe chamou DEUS, o DEUS de Israel. Gênesis 33.20 bible

Como era este ALTAR levantado por Jacó? Imagine…

Da forma como você imaginar assim deve ser o ALTAR dentro de você. Existem muitas pessoas que dizem: “Deus está comigo”, mas com o altar que elas têm dentro delas, é lógico que Deus não está!

Ter um altar dentro de si não diz nada, pois, no Monte Carmelo, os profetas de Baal tinham também um altar. Todos têm um altar (Hebreus 13.10), mas este altar pode ser para outros deuses, ou, se a pessoa é orgulhosa, é para si mesma, como no caso de Saul, que erigiu um monumento para si no Monte Carmelo (1 Samuel 15.12).

Há muitas pessoas que são autoras do 67º livro da Bíblia, que é o evangelho segundo o que ela acha, interpreta, gosta etc.

Elas seguem esse evangelho à risca, e ainda assim, volta e meia acrescentam e tiram vírgulas, acentos e até palavras inteiras, sempre se adequando ao que acham, interpretam e gostam. Dizem que “não” entendem o que Deus fala na Bíblia ou através dos Seus servos, mas, na verdade, entendem sim.

O fato é que, como o bispo Macedo tem falado, é questão de obediência ou desobediência. Obedecer é sacrifício colocado no Altar de Deus; desobedecer é “se sacrificar” no altar que não é de Deus. Por isso a vida do desobediente está do jeito que está, e Deus, por estar excluído dela, nada pode fazer.

Jacó e todos os homens que erigiram altares para o Deus de Israel sabiam que, para erigi-los, seria necessário muito mais do que colocar pedras sobre pedras. Note, nos versículos abaixo, o quanto Jacó estava consciente do que era levantar um Altar para o Deus de Israel:

Disse Deus a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; faze ali um Altar ao Deus que te apareceu quando fugias da presença de Esaú, teu irmão. Então, disse Jacó à sua família e a todos os que com ele estavam:

Lançai fora os deuses estranhos que há no vosso meio, purificai-vos e mudai as vossas vestes; levantemo-nos e subamos a Betel. Farei ali um Altar ao Deus…” Gênesis 35.1-3

Antes de fazer o ALTAR para Deus, ele tratou de “limpar a área”, retirando as imagens dos falsos deuses do meio de sua família, purificando a todos e até trocando as vestes já contaminadas com a sujeira deste mundo. Depois, “subiria” (e não “desceria” – facilidade) para fazer o Altar. Depois de construído o Altar, Deus foi com Jacó tal e qual foi com Abraão e Isaque. Enfim, Jacó glorificou a Deus com a sua própria vida, pois Deus (O Altar) estava nele.

Assim também acontecerá conosco. Você crê?

Colaborou: Bispo Randal Brito

Bispo Edir Macedo

bispomacedo.pt

Tags:

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Raisa Lara Responder 19 Novembro, 2014 às 11:51

Eu creio!
E sinceramente eu anseio por esse sacrifício, de forma que seja verdadeiro e perfeito!!