Mensagem

O Poder da Fé contra a força do braço

 

O-Poder-da-Fe-contra-forca-bracoNos Estados Unidos, os incidentes entre policiais brancos e cidadãos negros têm sido cada dia mais comum, gerando uma indignação por parte da população afro-americana, que tem saído às ruas para protestar.

Uma revolta por parte de muitos, porque um oficial da lei, que deveria proteger e ajudar sem julgar pela raça ou posição social, tem estado envolvido em ações injustas que têm levado à morte muitos inocentes.

Recentemente, numa abordagem policial, uma mulher desesperada transmitiu ao vivo, pelo Facebook, o seu namorado sendo baleado por um policial branco em uma simples blitz de trânsito.

Esse é um dos muitos casos que têm gerado uma demanda por uma solução a esse tipo de problema, que não é novidade no país que sempre foi alvo de polêmicas de discriminação e racismo.

Em meio à tanta violência e desconfiança, a Igreja Universal no país tem trabalhado incansavelmente para ajudar os sofridos e desesperados, independentemente da cor ou da condição social.

Não se resolve um problema criando outro. Nós temos que usar a força da nossa fé inteligente e não a força do braço.

Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.

Filipenses 4.13

O coração e as emoções dizem que você tem que lutar, brigar, fazer protestos… Mas a pergunta é: Desde os tempos antigos, a luta externa contra o racismo e o preconceito resolveu alguma coisa, mudou algo? NÃO! Pode até maquiar, mas não resolve.

Quando você usa a força do braço, você está usando as armas da emoção, que somente geram mais problemas. Mas, quando você usa uma fé inteligente (um poder interno), você é parte da solução!

No último domingo (7), consagramos três pastores a bispos: bispo Ricardo Teixeira, bispo Alberto Menezes e bispo Rohan Taylor.

Três novos oficiais do Altar, que vão lutar pelos sofridos, descriminados e desesperados.

Que o Deus da Bíblia abençoe a todos!

Colaborou: Bispo Bira Fonseca

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *