Mensagem

O salário do Bispo Macedo

homem

Olá, bispo!

Nunca vi algo tão sublime e forte quanto o Espírito Santo na vida de um ser.

Eu era bem do começo da Universal e achava que choro era o batismo com o Espírito Santo. Participava do grupo jovem, tinha apenas 14 anos. Evangelizava sem parar, era muito forte. Minha fé era imensa, a ponto de até a minha sombra expulsar demônios. Mas eu era enganado espiritualmente, porque logo conheci uma obreira, e caímos.

Aí bispo, o pior aconteceu: eu abandonei a Deus. Me tornei viciado em drogas, fui assaltante, fiz parte de um grupo criminoso no Rio, comandei favelas. Minha vida virou um inferno, tudo por causa do sentimento, do podre e enganoso coração.

Lutei muito para voltar até que consegui entender, pois o diabo botava na minha cabeça que o fato de eu não ter mais aquela emoção, todo aquele choro, aquela frescura toda – que não passavam de puro sentimento -, DEUS não me queria mais, e isso me fez sofrer muito, levando-me sempre a voltar para o lixo deste mundo. Até que percebi, neste Jejum de Daniel, o quanto Deus me ama. Tenho visto minha vida mudar – não a senti mudar -, e hoje quero me envolver com as coisas do Deus Altíssimo.

Quero dar minha vida pelas pessoas carentes, sofridas, nos hospitais; quero até sair na madrugada para falar de Jesus, e mais: quero ser usado, de alguma forma, pelo Senhor Jesus. Não tenho sentido nada, só certeza e muito nojo, repúdio, deste mundo.

Estou enfrentando lutas físicas, na saúde, mas não tô nem aí! Se tiver de morrer, morrerei feliz, pois sei que a minha vida pertence ao Senhor da minha vida, ao meu Jesus.

Bispo, obrigado por ter passado para nós esta imensa maravilha que é o fogo de Deus.

Abraços.
Que Deus o abençoe.

Raul de Sousa

bispo macedo

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *