Mensagem

Olhai para o Alto

alto

Tratando-se de Deus, o local para atender a necessidade não faz diferença. O Senhor Jesus atendeu as necessidades de uma multidão no deserto: a necessidade da cura, da libertação e, até mesmo, a necessidade de matar a fome de milhares de pessoas.

Na ocasião, um dos discípulos disse: O lugar é deserto, e vai adiantada a hora; despede, pois, as multidões para que, indo pelas aldeias, comprem para si o que comer.

Na visão do discípulo, aquele lugar não era propício para a realização de um milagre daquela magnitude, até porque não havia recursos. Afinal, dar de comer a milhares de pessoas, no deserto, não é uma tarefa fácil.

Porém, Jesus disse: NÃO PRECISAM RETIRAR-SE.
Em outras palavras: O milagre não depende do lugar nem da circunstância, mas sim do Senhor Jesus estar nesse lugar.

Ele então disse: …dai- lhes, vós mesmos, de comer.
Os discípulos duvidando disseram: Não temos aqui senão cinco pães e dois peixes.
Mas Jesus disse: Trazei-mos… e tomando os cinco pães e os dois peixes, erguendo os olhos ao céu, os abençoou. Depois, tendo partido os pães, deu-os aos discípulos, e estes, às multidões. Mateus 14.15-19

Quando puseram os pães e os peixes nas mãos de Jesus, Ele ergueu os olhos aos céus, e não olhou para a quantidade que havia e muito menos disse: “Só isso?”
Não! O nosso Senhor apenas olhou aos céus, e esta tem que ser a nossa fé. Os nossos olhos jamais podem estar voltados para as coisas que estão nas nossas mãos ou para as circunstâncias que temos a nossa volta, mas sim ERGUIDOS aos céus.

Quando fazemos qualquer coisa com os nossos olhos erguidos aos céus, quer dizer que estamos olhando para Deus, e com certeza Deus também está olhando para nós. Sendo assim, tudo é possível!

E os seus olhos estão erguidos aos céus ou olhando para as coisas que estão nas suas mãos?

Bispo Romualdo

bispo macedo
Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *