Mensagem

Parecia impossível mudar…

parecia impossível mudar

Me chamo Fabrício. Aos 9 anos de idade sofri uma tentativa de abuso por um grupo de aproximadamente 15 pessoas.

Devido a isso, minha infância foi bastante conturbada. Cresci achando que gostar de rapazes era normal e odiar as meninas também. Além de tudo isso, em minha casa era um sofrimento, pois meus pais eram separados. Por volta dos meus 9 anos, meu pai se envolveu com uma pessoa, mas eu era agredido por ela e passei a ter pesadelos devido às coisas que ela fazia comigo e à maneira como me tratava. A partir daí passei a ver o mundo de outra forma, via que não tinha paz, amor e alegria como as pessoas falavam; eu vivia o contrário de tudo isso. Cresci cada vez mais no sofrimento.

Aos 14 anos passei a me envolver com amizades e vi ali uma porta aberta para a “Felicidade’’. Tudo era escondido da minha família, mas na escola as pessoas sabiam, então eu era humilhado, desprezado e maltratado por causa do meu jeito. Eu não reagia de nenhuma forma, apenas guardava aquelas palavras dentro de mim.

Cada vez mais ia me envolvendo com as bebidas e festas; cheguei a ficar dias fora de casa. Para todos os meus amigos eu era o mais feliz, mas quando chegava em casa, vinha o vazio, a vontade de me matar, insônia e todo o sofrimento que eu carregava. Mesmo fazendo tudo isso, já não me satisfazia mais, eu queria ter atenção, a atenção que a minha família não me dava. Foi então que próximo dos meus 16 anos, os meus amigos me apresentaram uma nova forma de viver: passei a ser transformista, me vestia de mulher, estava conseguindo o que queria. Chamava bastante atenção e passei a receber vários telefonemas falando que eu deveria participar de concursos de beleza, que meu rosto era bonito, então me lancei nessa proposta.

Mesmo com toda a atenção recebida em concursos de beleza, eu queria mais, pois não estava satisfeito só com aquilo. Me envolvi na prostituição e comecei a fazer programas durante a madrugada. Assim, passei a investir tudo nesse personagem. Não fazia mais nada para o Fabrício, tudo que eu comprava, todo o dinheiro que conseguia, era para tornar “ela’’ cada vez melhor. Porém, mesmo conseguindo aparentemente tudo o que queria, não ficava satisfeito. Passei a conversar com espíritos malignos. Eu não chegava a ver, mas falava com eles pedindo mais homens, mais clientes, mais dinheiro, e me foi dito que se eu quisesse mais eu deveria fazer um pacto com eles, mas fiquei com medo e não fiz.

Eu já estava cansado daquela vida, então se iniciou o meu isolamento. Eu não queria fazer mais nada, só queria ficar deitado. Não tinha mais vontade de atender às ligações, comecei a ter ódio repentino das pessoas e ficava com raiva sem motivo.

Lembrei que uma pessoa me convidou para conhecer o Força Jovem Universal. Eu não aceitei de início, porque acreditava que para mim não tinha mais jeito: “Eu nasci assim, vou morrer assim’’. Mas ela insistiu dizendo que Deus poderia mudar a minha vida, que tudo seria diferente. Quando estava nessa situação, me lembrei daquelas palavras e resolvi ir até a igreja.

Quando cheguei à reunião, o pastor falou o seguinte: “Essa reunião ficará marcada na sua vida, sua vida vai ser diferente!”. Isso ficou marcado na minha mente. Os jovens e obreiros do FJU me deram uma atenção diferente naquele dia. Eu recebia atenção, mas a forma como me tratavam era diferente, me fez me sentir bem novamente. Foi aí que percebi que havia uma solução para mim. Recebi um acompanhamento, fui me libertando dos vícios, dos desejos e de todo o meu passado. Tive meu encontro com Deus, mas achava que não poderia receber o Espírito Santo por causa do meu passado, mas Deus me mostrou que tudo aquilo já havia sido apagado.

Então me empenhei em buscar o Espírito Santo, e Deus me deu um amor que eu nunca havia recebido na minha vida. Deus me mostrou o quanto eu era importante para Ele, que desde o início Ele já havia me escolhido. Tudo então mudou, tudo se tornou diferente. A partir daquele dia recuperei o respeito da minha família, vizinhança, e as pessoas começaram a ver a mudança em mim. Hoje sou feliz, tenho paz, minha família foi transformada e alguns amigos até me chamam para saber como consegui mudar.

Colaborou: Bispo Marcello Brayner

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

michelle Responder 1 Abril, 2016 às 11:46

Quando entregamos nossa vida pra Deus ele nos tranforma