Mensagem

Provados e aprovados

provados-e-aprovados

“E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor. E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.”

Gênesis 4.3-5

Quando Caim levou ao Altar sua oferta, Deus não Se agradou dele nem de sua oferta. E por quê? Na verdade, Caim poderia ter feito no Altar muito mais do que fez, e Deus sabia disso. Ele foi reprovado pelo Próprio Deus, e sabia que essa reprovação iria refletir na sua vida, por isso lhe descaiu o semblante. Seu trabalho, seu futuro, tudo na sua vida estava comprometido com o fracasso, afinal, ele havia desagradado ao Todo-Poderoso, o Único que poderia abençoar sua vida em tudo.

No caso de Abel, Deus Se agradou dele e do que ele ofereceu no Altar, pois Abel fez um verdadeiro sacrifício. O sacrifício dele foi excelente, foi perfeito, e por isso ele saiu do Altar diferente do seu irmão, consciente de que seu trabalho e todo seu futuro estava nas mãos de Deus.

Tanto Abel quanto Abraão foram provados e aprovados, eles venceram. Já Caim foi reprovado.

“…Ao que vencer darei Eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe.”

Apocalipse 2.17

Colaborou: Bispo Romualdo Panceiro

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *