Mensagem

Quando 1% é melhor do que 99%

1_cdaNa última semana, estava lendo um artigo que me chamou atenção com o título: “Por que 1% deve ser muito mais rico do que o restante 99%”.

A pesquisa mostra que a maior parte da riqueza mundial está nas mãos de somente 1%. Os que compõem esse 1% são inventores, pesquisadores ou pessoas que procuraram, de alguma forma, melhorar o que estavam fazendo. No início não eram pessoas conhecidas, mas tiveram coragem de colocar suas ideias em prática, as compartilharam com os outros e se destacaram. A exemplo de Henry Ford, Steve Jobs etc.

Lendo esse artigo com os nossos olhos da fé, vemos por que existem pessoas que estão na Igreja há anos, dão dízimos, fazem votos, louvam, porém permanecem sendo parte dos restantes 99% neste mundo. Pessoas que não se destacam e pensam estar sendo injustiçadas, mas o que elas apresentam, tanto para Deus no Altar quanto para seus clientes ou seu patrão, é o pior.

Muitos acham que, simplesmente, por fazerem seus votos e dízimos, Deus teria que respondê-los. Além disso, resmungam, ora sobre a economia, ora sobre o Governo, sobre seu superior ou que Deus não faz justiça em suas vidas, quando, na realidade, apesar de crerem, seu profissionalismo é muito inferior ao do incrédulo. Essas pessoas têm ideias e não as aplicam, ou não têm coragem de se arriscar, tornando-se assim parte dos 99% restantes. É a mais pura realidade. Querem ter o que os outros têm, mas não querem fazer o que os outros fizeram.

Porém, aqueles que chegam à Igreja e têm um encontro com Deus de verdade, decidem mudar suas atitudes, sacrificar, agir a fé e buscam se superar com a direção de Deus e com dedicação naquilo que fazem, procurando fazer o melhor no seu trabalho e com qualidade, não veem obstáculos. Deus, então, os faz grandes.

Se eu fosse convocado a um tribunal e necessitasse de um advogado para me defender, mesmo sabendo que o advogado é cristão, mas fraco na defesa, o contrataria? É certo que não! Iria preferir um advogado incrédulo, bom naquilo que faz, e iria usar a minha fé para que Deus o usasse. Não que Deus não possa usar o primeiro advogado que citei, porém, se o advogado cristão é fiel, mas não se empenha em ser bom, e o incrédulo sim, então está claro quem irá fazer a diferença. O mesmo seria no caso de um médico, professor etc. Bem, não vou me estender.

O Reino de Deus é um conjunto de fidelidade com excelência. Por isso é que Ele diz: Ora, apresente isto ao seu governador para ver se ele será favorável a você! Malaquias 1.8

Neste caso, o sacerdote fazia de qualquer jeito e o povo também. E, após isso, reclamavam que os incrédulos prosperavam e que era inútil servir a Deus.

Meu amigo, Deus faz milagres mais ou menos? Não! Da mesma forma, como serão grandes e irão fazer a diferença os que pensam que somente ser fiel é o bastante, se não forem bons naquilo que fazem?

“Disse-lhe o Senhor: Muito bem, servo BOM e FIEL…”

Mateus 25.20

É por isso que na Universal não nos preocupamos com quantidade e, sim, com qualidade. Às vezes, alguns não gostam de nosso discurso, porém, isso não importa. O que importa é que ensinamos que não basta largar um pecado, tem que se arrepender e largar todo pecado. Não basta ir à igreja, tem que se entregar 100%. Não basta dar uma oferta, tem que ser sacrifício. Não basta ser somente fiel, tem que ser bom. Aí sim você será parte dos que são honrados por Deus com a Sua Justiça, pois são poucos os que estão dispostos a pagar o preço. Esses, ainda que fossem 1%, Deus Se agradaria deles.

“Por isso, Deus não se envergonha deles, de ser chamado o seu Deus… “

Hebreus 11.16

“Então, o mesmo Daniel se distinguiu destes presidentes e sátrapas, porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava em estabelecê-lo sobre todo o reino.”

Daniel 6.3

“Então vocês verão novamente a diferença entre o justo e o ímpio, entre os que servem a Deus e os que não O servem. “

Malaquias 3.18

Pastor Rodrigo Prota

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *