Mensagem

Sacrifício como nunca o entendeu

mao_

 

 

 

Seria bom que todos entendessem o real sentido da palavra sacrifício, pois é algo muito mal compreendido hoje em dia. Para isso, vamos viajar no tempo e voltar à ideia original do sacrifício, que veio do próprio Deus. Sacrifício, no sentido espiritual, envolve muito mais do que papel no altar. É toda a vida de uma pessoa. Mas vamos primeiro entender um fato importante.

A definição da palavra “sacrifício” no Dicionário Aurélio revela um fato que pode nos ajudar a entender a incompreensão sobre o tema. Veja:

sa.cri.fí.cio 
sm (lat sacrificiu): Oferta feita à divindade, em meio a cerimônias. / Fig. Renúncia voluntária ou forçada a algo que se possui. / Sacrifício humano, imolação de uma pessoa à divindade. / Espírito de sacrifício, tendência a sacrificar-se ou a ceder sem benefício imediato. / Privações, despesas voluntariamente impostas.

No entanto, a palavra “sacrifício” em hebraico (korban, le-hakriv) é da mesma raiz de chegar perto, aproximar-se, tornar-se intimamente envolvido em um relacionamento com alguém. Essa deveria ser a real intenção do sacrificante. De fato, é lamentável que nenhuma palavra no idioma português possa expressar adequadamente o profundo significado da palavra “korban” (קרבה) em hebraico. Hoje usamos a palavra “sacrifício” por falta de outra que tenha o mesmo sentido do hebraico.

Mas não é só um problema de tradução. Muda a palavra, muda o sentido. E se muda o sentido, não entendemos o que estamos fazendo ao sacrificar para Deus.

A ideia de ‘sacrifício’ em português indica um despojamento de algo de valor para o recebimento de outro maior ou uma atitude incondicional por alguém ou por algo a ser conquistado. Isso não tem ligação com o sentido original da palavra “korban”. Primeiro de tudo, “korban” é uma palavra que não carrega o significado de dar um presente ou oferta. Isso porque, na consciência judaica, dar algo a Deus é se achar superior a Ele. Quem somos nós e o que temos para dar alguma coisa ao Altíssimo? Como orou Davi, quando ele e seu povo apresentavam seus sacrifícios a Deus para construir o Templo:

Porque quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de Ti, e das Tuas mãos to damos. 1 Crônicas 29.14

O real sentido da palavra “korban” é usado exclusivamente na Bíblia em hebraico para demonstrar o relacionamento e aproximação do homem com Deus. Ou seja, para entender a palavra sacrifício, temos que compreender sua raiz bíblica original.
Se a definição de korban é “chegar mais perto” ou “aproximação”, então o objetivo dos sacrifícios no Templo é nada menos que dedicar a própria vida a Alguém muito superior. É a aproximação de um ser humano à Fonte de toda a vida. Você sabe o que isso significa? O sacrifício no Templo não trazia uma ideia de dar algo ou perder algo de valor, mas de uma entrega total para uma aproximação total ao Criador.

Assim como o Rei Davi orou, no Salmo 73.28: Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus — para os sedentos, proximidade com Deus é a mais verdadeira, a mais pura e sublime expressão da palavra sacrifício.

Sem esta aproximação a Deus, que é o que dá verdadeiro sentido à vida, a pessoa fica sem rumo, buscando uma razão de viver em coisas que lhe proporcionam um conforto temporário, como o próprio dinheiro. Ela se sente como um mero animal, vazia naquilo que a faz diferente dos animais: sua alma.

Aquele que se entrega por meio de um sacrifício/aproximação é como aquele novilho que era consumido pelo fogo no altar. E o que acontece no altar, também acontece na mente e no coração daquele que o ofereceu.

Prepare-se para o grande dia — o dia em que todos poderão entrar no Templo do Deus Altíssimo para se colocarem perante Ele como verdadeiros sacrifícios. Mas desta vez, não para uma aproximação apenas como acontecia no passado, mas para que o Espírito Santo se aposse completamente de suas vidas.

Inauguração do Templo de Salomão. Em breve.
Ah, que dia!

RenatoCardoso

bispo macedo
Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *