Mensagem

Senhor de si

Senhor-de-si

Quem pensa que é possível ser cristão e não sacrificar está muito enganado.

O sacrifício é a base da vida cristã e da caminhada com Deus, de Gênesis a Apocalipse. Porém, muitos religiosos que têm o coração no ouro e não no Altar se valem de textos bíblicos fora de contexto para dizer que não devemos sacrificar. Porém, cada um desses textos em seus devidos contextos apenas reforçam a necessidade do sacrifício. Por exemplo:

“Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.”

1 Samuel 15.22

Sabe por que Deus Se agrada mais da obediência do que do sacrifício? Porque a obediência é o verdadeiro sacrifício. Não há nada que violente mais o ser humano do que negar a vontade de fazer as coisas do seu jeito. Custa muito mais do que abrir mão de algo de valor.

A vontade do ser humano é o que o move. O coração aponta o caminho a seguir, e ele segue. Depende da vontade para tomar suas decisões. Acostumados a viver com base em suas próprias vontades, muitos não conseguem nem sequer imaginar como agir de outro jeito.

Abrir mão de sua vontade para fazer a vontade de Deus é reconhecer que, de fato, Ele sabe muito mais do que você jamais poderia saber. Não há como Deus ser Senhor de alguém que ainda é senhor de si mesmo. Não se pode servir a dois senhores. Se você obedece a si mesmo, desobedece a Deus. E se obedece a Deus, desobedece a si mesmo. Se agrada a Deus, aborrece o seu coração. Se agrada ao seu coração, aborrece a Deus. Não há meio termo. Deus não divide o Seu trono com ninguém.

Por isso, o sacrifício é necessário. Porque tira nossa vontade do trono e entrega o senhorio da nossa vida para Deus. O sacrifício coloca as coisas em seus devidos lugares. A César o que é de César. A Deus o que é de Deus.

Se entregou sua vida a Deus, entregou tudo. Se não entregou tudo, não entregou a vida.

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *