Mensagem

Sinagoga de Satanás

Sinagoga-de-Satanas

Não foi à toa que o Senhor mencionou a sinagoga de Satanás no meio das Igrejas de Esmirna e Filadélfia.

Elas foram as únicas impecáveis. A primeira notabilizou-se por causa das obras, das tribulações e das dificuldades financeiras; o segredo da riqueza espiritual da segunda foi a obediência à Palavra do Senhor Jesus e a manutenção da fé no Seu Nome em meio às perseguições mortais.

Onde há o trigo, certamente haverá o joio. Assim foi com a Igreja de Esmirna e de Filadélfia. Em seu meio nasceu a sinagoga, não dos verdadeiros filhos de Israel, mas a de Satanás. Esse tipo de congregação costuma surgir em meio à verdadeira congregação dos santos. Seu objetivo: enganar os imaturos na fé.

São pessoas má intencionadas que surgem do nada, vestidos de “espirituais” – fazem questão de mostrar o que não são. Hipócritas de carteirinha, profeticamente já condenados, conforme Mateus 23, querem barrar o caminho dos que querem a Salvação. Não obstante terem aparência “espiritual”, citando trechos bíblicos para impressionar, ainda assim, são dissimulados.

O objetivo deles é semear discórdias e rebeliões para tentar implodir aquela congregação exemplar. Foi o que aconteceu com as duas Igrejas impecáveis. Observe que as demais corrompidas nem precisavam de sinagoga satânica porque já estavam contaminadas com outros pecados.

Um conselho para não fazer parte da sinagoga de Satanás: Após o batismo com o Espírito Santo, o passo mais importante na vida pela fé é o casamento. Invista nele. Peça a Deus que lhe aponte a pessoa certa. Caso seja casado, lute com Deus por essa união até esgotar suas forças. O importante é formar a cruz: casamento com o Espírito Santo e casamento com alguém de Deus.

Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás.

Apocalipse 2.9

Eis que Eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que Eu te amo.

Apocalipse 3.9

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *