Mensagem

Um Reino Perfeito

nuvem-706x432Era uma vez um Reino cujo Rei era o Próprio Deus. Diferentemente de outros reis, a Sua maior conquista era ter um relacionamento com os Seus súditos.

Por isso, deu-lhes dez mandamentos, para que a ordem e a disciplina não só mantivessem esse relacionamento com Ele, mas também com todas as demais pessoas de Seu tão amado Reino. Até que um dia, Seus súditos se cansaram de Seu Reinado.
Começaram a olhar para os demais reinos e invejaram o fato de seus reis serem homens e não Deus. Queriam poder dizer que tinham um rei e uma rainha, que tinham um palácio e, assim, transparecer que viviam em um reino igual aos demais. Isso desagradou muitíssimo ao Rei dos Reis, mas como não queria perder o relacionamento com o Seu próprio povo, cedeu às suas exigências…

E disse o Senhor a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a Mim Me têm rejeitado, para Eu não reinar sobre eles […] Agora, pois, ouve à sua voz, porém protesta-lhes solenemente, e declara-lhes qual será o costume do rei que houver de reinar sobre eles.

[…] E falou Samuel todas as palavras do Senhor ao povo, que lhe pedia um rei. E disse: Este será o costume do rei que houver de reinar sobre vós; ele tomará os vossos filhos, e os empregará nos seus carros, e como seus cavaleiros, para que corram adiante dos seus carros. E os porá por chefes de mil, e de cinquenta; e para que lavrem a sua lavoura, e façam a sua sega, e fabriquem as suas armas de guerra e os petrechos de seus carros. E tomará as vossas filhas para perfumistas, cozinheiras e padeiras. E tomará o melhor das vossas terras, e das vossas vinhas, e dos vossos olivais, e os dará aos seus servos. E as vossas sementes, e as vossas vinhas dizimará, para dar aos seus oficiais, e aos seus servos. Também os vossos servos, e as vossas servas, e os vossos melhores moços, e os vossos jumentos tomará, e os empregará no seu trabalho. Dizimará o vosso rebanho, e vós lhe servireis de servos.

1 Samuel 8.7-17

Mesmo com tantas desvantagens, o povo preferiu trocar o Rei dos Reis por um rei qualquer.

Israel pagou caro por isso. Foram mais reis maus do que reis bons, e mesmo os reis bons cometeram erros graves, os quais Deus jamais teria cometido… alguns destes chegaram a matar milhares de israelitas.

Felizmente, Deus não desistiu de nós e nos trouxe o Seu Reinado através de Seu Próprio Filho, que eventualmente nos agraciou com Seu Espírito de tal forma que aqueles que são batizados com Ele voltam a ser súditos do Rei dos reis. Ou seja, Ele passa a dirigir suas vidas, mesmo que fisicamente vivam em reinos imperfeitos, espiritualmente pertencem ao Reino perfeito – o Reino de Deus.

Nesse Reino, Deus é o único Rei. Suas leis estão acima de qualquer outra lei deste mundo. Não se vive pelo que vê, e sim pelo que não vê, pois o que importa é a fé.

Quem pertence a esse Reino deixa de ser brasileiro, europeu, americano, africano, negro, branco, baixo, alto, mulher, homem, rico, pobre… enfim, não vive de acordo com os padrões deste mundo. É diferente, pensa diferente, vive diferente. Não vive só oitenta ou cem anos, e sim a eternidade. Tanta sabedoria lhe é dada que chega a confundir os estudiosos, graduados, professores e profissionais deste mundo.

É por isso que a Igreja Universal promove o Jejum de Daniel de tempos em tempos, para que aqueles que ainda não têm o Espírito do Altíssimo e, portanto, ainda não conhecem o Seu Reino, possam se candidatar. E aqueles que já O têm, mas que por alguma razão têm se distraído com os reinos deste mundo e talvez até O desmerecido como o povo de Israel fez lá atrás, possam se lembrar a qual Reino realmente pertencem.

Participe você também! O Jejum começa nesse próximo dia 9 de fevereiro em uma Universal perto de você!

Na fé.

Colaborou: Cristiane Cardoso

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *