Mensagem

Vale a pena ler!

trevas

Bom dia, bispo!

Na última quarta-feira (17/07/13), na reunião dos filhos de DEUS, pude dizer “Ah que dia!”. Foi maravilhoso! Um gozo inimaginável tomou conta do meu ser. Estava buscando o Espírito Santo há anos, mas eu via em mim os erros que cometia, e não conseguia me desvencilhar deles.

Quando realmente usei a fé inteligente e comecei a usar o raciocínio, foi aí que disse “não” para o meu eu e me humilhei perante o Senhor e, graças a DEUS, Ele me respondeu. Hoje tenho certeza de que não faço parte de uma igreja ou denominação, e sim do Reino de DEUS.

Agradeço a DEUS pela Fogueira Santa. Tirei o chão dos meus pés! O meu pedido foi ter um encontro com DEUS, um novo nascimento.

Que DEUS continue abençoando o senhor, em nome de Jesus.

Junior

*************************************************************************************************

Cheguei à Universal aos 11 anos de idade, levado por minha mãe, que tinha chegado à igreja após servir os encostos por mais de 30 anos. Ela tinha tantos problemas de saúde que sua residência era praticamente o hospital. Tomava muitos remédios: cerca de 20 por dia.

Após participar de uma reunião com o pastor Renato Maduro, na Universal de Fortaleza, ela foi curada e nos levou a ter um encontro com Deus.

Fui participando da igreja, entrei no grupo Jovem, depois no grupo de evangelização, depois fui obreiro e pastor, mas tive vontade de voltar ao mundo, que eu ainda não havia conhecido de fato.

Lá comecei a levar uma vida profana. Fui garoto de programa, depois aliciei garotos para fazerem programas também e ganharem dinheiro para mim, organizei festas de swing (trocas de casais) e comecei a conhecer o submundo das drogas e da prostituição.

Com o tempo, me vi sozinho, oprimido. Pensei várias vezes em dar cabo da minha vida, e quase assim o fiz, mas Deus ainda tinha um plano para mim.

Foi então que, em um certo domingo, após consumir muita cocaína, tive uma parada respiratória, seguida de uma parada cardíaca, e no hospital, após os médicos já terem chamado a família e dado por fim aquela minha história, pedi a Deus, ali mesmo na UTI, uma última chance, e Ele me ouviu.

Os médicos disseram que algo havia acontecido, pois meus pulmões haviam voltado ao normal; ou seja, não estavam mais escuros, e minha respiração havia voltado ao normal.

Então voltei para casa, e no outro dia fui à igreja, e já nos degraus da catedral de Fortaleza, após 15 anos afastado, voltei para os braços do Senhor Jesus. Na realidade, eu O conheci naquele dia de fato e de verdade, pois antes tinha visto as Obras dEle na minha mãe e na minha família, mas não em minha vida.

Hoje sou um homem de Deus. Aos 37 anos de idade já sou empresário e curso duas faculdades, e creio que o Senhor Jesus agora é meu amigo íntimo, pois temos muitos planos juntos, e meu nome agora é ISRAEL, “príncipe de Deus”.

Por isso agradeço ao Senhor Jesus e à Universal, que proporcionou essa transformação em minha vida.

Um dia voltarei para o Altar de Deus, se Ele permitir, em o nome de Jesus. Amém!

Edy Monteiro

bispo macedo

Bispo Edir Macedo
bispomacedo.com.br

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários

João Marques (Carregado) Responder 19 Julho, 2013 às 19:15

Estava a lembrar-me que o Sr. Jesus falou que veio para os doentes.
Realmente por vezes nós temos que ficar “doentes” para O buscar, e foi o que aconteceu a este jovem.
Ainda bem que ele teve uma oportunidade mesmo a um passo antes de entrar no inferno.