Mensagem

Voltando para Betel

deserto-706x410Quando encontrou a Deus, ele estava jurado de morte pelo irmão. Enganador e mentiroso, perambulava pelo deserto sem direção, sem família, bens ou dignidade. Um zero à esquerda. Um morto vivo. Mas mesmo assim, Deus viu sua fé e a manifestação de Seu poder em sua vida foi surpreendente.

Anos mais tarde, agora com a bênção de Deus, uma grande família, filhos e filhas, riquezas e com o perdão de seu irmão, Deus faz a Jacó um pedido inusitado.

Levanta-te, sobe a Betel, e habita ali; e faze ali um Altar ao Deus que te apareceu, quando fugiste da face de Esaú teu irmão… e disse Jacó à sua família: Levantemo-nos, subamos a Betel; e ali farei um Altar ao Deus que me respondeu no dia da minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado.

Gênesis 35.1-3

Por que voltar ao local onde Deus o respondeu no dia da angústia? Não poderia ele levantar um Altar ali mesmo? Não poderia Deus ser com ele em todos os lugares? Contudo, havia um propósito para tudo isso. Deus queria que Jacó se lembrasse de onde ele veio e de como estava a sua vida antes de ter um encontro com Ele.

O que seria da vida de Jacó? Quem daria algo por ele? Quem estenderia a mão a um trapaceiro? Quem daria uma chance a um enganador?

Deus, em Sua infinita misericórdia, alcançou a Jacó e abençoou sua vida a ponto de, até hoje, ser conhecido como o Deus de Jacó.

Hoje vemos muitas pessoas que eram como Jacó, perambulando pelo deserto, e que foram resgatadas por Deus. Pessoas que foram livres dos vícios, curadas, prósperas e tiveram suas famílias restauradas. Mas, com o passar do tempo, essas pessoas se esqueceram da vida miserável que viviam e do local que as acolheu quando mais precisavam de ajuda.

A Igreja Universal é Betel. É o local onde os “Jacós da vida” sempre foram e serão acolhidos e compreendidos. Local onde tem um Altar, e quem sacrifica sua vida nele recebe a vida de Deus.

Vemos algumas pessoas com o coração cheio de ingratidão deixando a Universal, abandonando a fé e virando as costas para Deus. No momento em que Deus pediu para voltarem a “Betel” e levantarem um Altar a Ele, acharam que não era necessário sacrificar como antes, pois já estavam “felizes” com suas conquistas na vida. Mas se esqueceram de onde saíram, e que a vida com Deus é de Altar em Altar, de sacrifício em sacrifício, de fé em fé.

Para essas pessoas, o Deus de Jacó deixou um recado:

Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.

Lucas 12.20,21

Colaborou: Bispo Miguel Peres

Bispo Edir Macedo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *