Mensagem

3º DÚVIDAS

Sempre que a tarefa ou o empreendimento que projetamos é grandioso, há sempre quem tente lançar a dúvida sobre a relevância e capacidade de execução do mesmo. ameca

E que poder opera a dúvida?
Faz a pessoa hesitar, suspeitar e ficar indecisa se a decisão que tomou ou irá tomar foi a mais acertada. E que efeitos práticos tem este “poder”? Se for dada relevância, poderá colocar em causa o êxito dos nossos planos, projetos ou empreendimentos.

Não foi por acaso que o Senhor Jesus Disse que não devemos duvidar, pois o nosso sucesso depende do bem-estar da nossa Fé-inteligente. “… e não duvidar, no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será” (Marcos 11.23)

“Tobias, o servo amonita, e Gesém, o arábio, quando o souberam (…) disseram: QUE É ISSO QUE FAZEIS?” (Neemias 2.20)

Ou seja, a dúvida nem sempre se apresenta como dúvida, por vezes poderá vir disfarçada de uma pergunta com segundas intenções (“QUE É ISSO QUE FAZEIS?”); de um suposto elogio (“és bonita demais para ele…”); de uma crítica (“não tens capacidades para tal…”); de uma desvalorização da situação (“para que é que te vais meter num negócio desses? Se ainda vivesses na miséria!!!”)…
Porém, sempre que o mal lançar uma palavra de dúvida, morte ou confusão na nossa mente por meio de pensamentos ou palavras de alguém, devemos combatê-la de imediato com a Palavra de Deus.

“Então, lhes respondi: o Deus dos Céus é Quem nos dará bom êxito; nós, Seus servos, nos disporemos e reedificaremos; vós, todavia, não tendes parte, nem direito, nem memorial em Jerusalém.” (Neemias 2.20)

Temos que lembrar-nos que Quem nos dá a vitória é o Deus dos Céus, o Todo-Poderoso, o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, e não as nossas condições.

Lembrar ao mal e aos seus filhos que Deus nos dará bom êxito no que fazemos, pois o que fazemos, fazemo-lo com fé e coragem. Necessitamos de demostrar a quem servimos: se a Deus, se a nós mesmos ou se ao mal. Porém, sempre será necessário que você se DISPONHA para fazer o que tem que ser feito.

Mas não se esqueça: somente os que edificam e reedificam têm memorial, Testemunho de superação, sucesso na Jerusalém, a Igreja do Deus-Vivo.

Bispo Júlio Freitas
juliofreitas.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *