Mensagem

A gestação de todo o Sonho

Tal como um bebé, o sonho é desejado, planeado, concebido, cuidado e vestido para que venha a crescer de forma saudável. Conheça o processo de “Educação para o Sonho” e aprenda a melhor forma de cuidar do seu até à sua realização

1º) PLANEAR / PROJETAR
Também há quem o faça sem pensar, mas o sonho, tal como um filho, exige coragem, pois a sua concretização pressupõe uma mudança radical da vida da pessoa. Sonhar, então, significa correr riscos, como costumo dizer, sair do ambiente ou situação de conforto na qual se vive. É necessário a pessoa atrever-se para poder sonhar e, consequentemente, dar à luz ao sonho que lhe tirará da escuridão da frustração.

2º) PREPARAR
Um provérbio japonês diz que o dia em que decidimos “fazer”, este é o nosso dia de sorte, isto significa que nada cai do céu e que, sem a preparação devida, o sucesso não é possível. Quando se começa bem, ainda que surja adversidade, tudo resultará bem. A preparação é a energia de todo o sonho. Por isso, prepare o seu sonho e você estará preparado para desfrutá-lo!

3º) VESTIR
Se você não planeia e não prepara, o seu sonho não deixará de existir, apenas estará completamente “despido”, sem nenhum amparo que lhe dê suporte e muito menos andamento. E não basta saber isto, saiba também que quem não “veste” o seu sonho, o próprio é vestido de pesadelos. Porque o seu sonho não é parte da sua vida e sim a sua própria vida! Por isso, mais do que “vestir” o seu sonho, importa que você se mesmo se vista do mesmo, vivendo-o, respirando-o, absorvendo-o a cada instante!

4º) CUIDAR
O sonho não possui um sistema de auto-manutenção, na verdade ele exige cuidados diários, porque também nós vivemos diariamente. Ele precisa de ser alimentado, receber palavras de incentivo, uma infusão de energia para cresça, desenvolva, até à sua conceção. Agora compreende-se as pessoas que dizem não querer viver mais, é porque os seus sonhos já foram assassinados. Quando há um cuidado diário do sonho, este continua a avançar, como os recém-nascidos, que precisam de cuidados e atenção constantes.

5º) REALIZAR / CONCEBER / DAR À LUZ
Tal como ter um filho significa, para muitos, a realização pessoal, não espere que os outros creiam na realização do seu sonho, partilhem do seu entusiasmo ou até que o ajudem a realizá-lo. Pelo contrário, saiba que ao partilhar o seu sonho com os outros estará a colocar a realização do mesmo em perigo porque, certamente, será alvo de críticas. Porém, quando ele for realizado, mesmo sem o saber, até os seus familiares, amigos e empregados serão beneficiados.

Te vejo na IURD ou nas Nuvens!

Bispo Júlio Freitas
bispojulio.com

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *